terça-feira, 13 de abril de 2021

Landim admite dificuldade em manter elenco principal do Flamengo



Dono de uma das maiores receitas do futebol brasileiro, o Flamengo adquiriu protagonismo no cenário nacional. No entanto, na temporada 2021, o Rubro-Negro mudou a postura de clube investidor e passou a ter mais cautela nas contratações. Recentemente, o presidente Rodolfo Landim detalhou os impactos financeiros da pandemia de Covid-19 no Mais Querido.


Em entrevista à Rádio Bandeirantes, na última segunda-feira (12), o presidente do Flamengo lamentou a perda de receita com sócio-torcedor e com a bilheteira, visto que as arquibancadas estão fechadas há mais de um ano. Não à toa, Landim abriu o jogo e admitiu dificuldades em manter o elenco atual rubro-negro, isso porque, a maior parte do valor arrecadado é para bancar a permanência dos principais jogadores.

– É um ponto chave, este é um desafio muito grande, principalmente num momento de pandemia com redução de receitas que o clube teve, seja bilheteria e sócio-torcedor. Por exemplo, o principal produto que você oferece ao sócio é a vantagem de comprar o ingresso com desconto e de forma antecipada. Quando você fica um ano sem bilheteria, automaticamente o número de sócios caem e acaba impactando diretamente o orçamento do clube – antes de completar:



– Neste ano de 2020 tivemos uma perda de mais de 140 milhões entre sócio e bilheteria, e tínhamos planejado pagar os atletas considerando esta receita que não veio, pois todas as renovações de contrato foram feitas antes do problema da Covid. Então, tem sido um grande desafio. Internamente estamos tentando buscar soluções para manter este elenco vitorioso. Dentro do possível estamos atingindo isso – finalizou


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Fonte: https://colunadofla.com/2021/04/presidente-do-flamengo-abre-o-jogo-e-detalha-impacto-financeiro-da-pandemia-no-clube/
Imagem: Marcelo Cortes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário