quinta-feira, 1 de abril de 2021

Flamengo vê sócio-torcedor 'sumir', dívida operacional crescer e fecha 2020 com déficit de R$ 107 milhões



O Flamengo divulgou nesta quinta-feira (1º) o balanço financeiro detalhado da temporada 2020. E de acordo com os números, o impacto da ausência de torcida nos estádios e os demais problemas financeiros causados pela pandemia da COVID-19 atingiram em cheio as contas do clube carioca.



Fonte importante de receita, o programa de sócio-torcedor, por exemplo, sofreu uma queda brusca. Em 2019, a agremiação rubro-negra tinha mais de 125 mil inscritos. No ano passado, este total caiu para pouco mais de 50 mil.

Ganhos com bilheteria, sócio-torcedor e estádio ocupam o mesmo espaço no balanço. Em 2019, o clube arrecadou R$ 176 milhões com os três, ao contrário de 2020, quando apenas R$ 92 milhões entraram nos cofres rubro-negros (menos R$ 84 milhões).



Outra receita que caiu foi a proveniente de direitos de transmissão e prêmios, ambas também colocadas juntas no documento divulgado: de R$ 342 milhões em 2019 para R$ 264 milhões (menos R$ 78 milhões).

No total, a receita operacional no ano passado foi de R$ 534 milhões (ante R$ 651 milhões da temporada retrasada, logo, uma diferença de R$ 117 milhões).



Muito por conta disto, somado aos gastos com o futebol, o Flamengo fechou o ano passado com um déficit de quase R$ 107 milhões. E houve também um aumento da dívida total do clube.

Após um período de muita austeridade entre 2013 e 2017 - a dívida operacional chegou a ser de R$ 233 milhões - e depois de fechar 2019 com este tópico em R$ 338 milhões, agora, o clube tem uma dívida de R$ 440 milhões. O ano de 2020 também foi o que a instituição também pagou o menor valor de dívida dos últimos anos: 'apenas' R$ 67 milhões.

- // -

> Veja as últimas informações sobre o Mengão em nossa página principal, Clique Aqui



Fonte: https://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/8406837/flamengo-ve-socio-torcedor-sumir-divida-operacional-crescer-e-fecha-2020-com-deficit-de-r-107-milhoes

CURTA NOSSA PÁGINA



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário