sexta-feira, 12 de março de 2021

Mesmo com pandemia, Flamengo arrecada quase R$ 700 milhões em 2020



O Flamengo montou um planejamento audacioso para 2020. A previsão era arrecadar R$ 726,2 milhões. Porém, o Rubro-Negro não contava com a pandemia da Covid-19, que tirou torcida do estádio e, consequentemente, diminuiu a quantidade de sócios-torcedores (de 150 mil para 61 mil). Entretanto, mesmo com toda a dificuldade, o Fla conseguiu chegar próximo de alcançar R$ 700 milhões.


Conforme divulgado pelo diretor financeiro do Flamengo, Fernando Goés, em entrevista ao site GE, o clube arrecadou 670 milhões em 2020. O dirigente, no entanto, lamentou o fato de o Rubro-Negro ter perdido faturamento de bilheteria – público nos estádios – e de sócios-torcedores – caiu mais de 50%.

— Em 2019 tivemos quase um bilhão em receita, e agora vemos o resultado da pandemia. Vamos fechar 2020 com R$ 670 milhões de faturamento. Somados bilheteria e sócio-torcedor, perdemos R$ 110 milhões. Isso não recuperamos mais -, disse o diretor de finanças do Flamengo.



O balanço oficial será divulgado apenas no final deste mês. Contudo, o vice-presidente de finanças do Flamengo, Rodrigo Tostes, também lamentou os efeitos negativos da Covid-19. Segundo o VP, o Rubro-Negro deixou de arrecadar R$ 110 milhões, o que traz maior prejuízo para as pretensões do clube.

— O efeito da Covid para o Flamengo custou R$ 110 milhões em 2020. Os clubes maiores, que investem mais, sofreram mais porque têm uma receita recorrente de bilheteria e sócios maior. O clube contrata jogadores caros imaginando que vai ter receita de bilheteria. Para chegarmos a estes R$ 670 milhões, temos que agradecer muito aos 60 mil sócios que continuaram a pagar mesmo sem ter o benefício. Esses são os que mais temos que agradecer -, apontou Tostes.



Vale ressaltar, no entanto, que o valor recebido por ser campeão do Brasileirão 2020 entrará no balanço de 2021, como explicou Goés: “A premiação do Campeonato Brasileiro (R$ 33 milhões) estava prevista para o ano passado. Ela faz parte destes R$ 90 milhões (que não entraram no balanço 2020)”. Rodrigo Tostes também falou sobre o assunto:

— Outros R$ 90 milhões tivemos que jogar para 2021, porque só podemos contabilizar a receita quando incorre realmente com o jogo. Como os jogos foram adiados, parte da receita foi passada para 2021. É dessa maneira que fazemos, porque somos auditados por uma das maiores empresas do ramo (Ernst & Young) -, concluiu o vice-presidente de finanças.


- // -

> Veja as últimas informações sobre o Mengão em nossa página principal, Clique Aqui



Fonte: https://colunadofla.com/2021/03/mesmo-com-pandemia-flamengo-arrecada-quase-r-700-milhoes-em-2020/

CURTA NOSSA PÁGINA



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário