sexta-feira, 6 de novembro de 2020

Documentário ‘Mosaico’, produzido por Diego Ribas, bate um milhão de vizualizações



Diego Ribas está em alta nas redes sociais. O documentário de nome “Mosaico” lançado pelo meia em 23 de outubro, bateu um milhão de vizualizações nesta sexta (6). O longa analisa a passagem do camisa 10 pelo Flamengo, e culmina no ano vitorioso de 2019, com histórias e curiosidades sobre o ano mágico do Rubro-negro carioca. Além disso, fala das dificuldades da carreira, como a lesão sofrida diante do Emelec.



A marca de vizualizações só reforçou que a conquista tão sonhada da copa, após 38 anos de espera, é, sem dúvida alguma, o grande momento do jogador com a camisa do Flamengo. Não só pelo fim da seca, mas também por toda a trajetória de Diego com a camisa do Flamengo. A chegada em 2016 com esperança de título, os decepcionantes anos de 2017 e 2018, culminaram em grande emoção na conquista épica.

Vale frisar também que o jogador é muito querido por seus companheiros, já que a obra conta com diversos depoimentos de atletas que também participaram da conquista, como Bruno Henrique e Filipe Luís. Por ser mais experiente, Diego exerce papel de grande importância na gestão do elenco, ponto abordado pelo depoimento do lateral esquerdo, que também foi companheiro no Atlético de Madri: “Vamos lá, aqui vai todo mundo junto. Nós vamos virar esse jogo!”



O camisa 10 vinha de boa sequência com a camisa rubro-negra. O rodízio de Domènec Torrent o favorecia, pela idade e função, e o meia tinha re-adquirido seu valor no elenco. Porém, Diego teve uma lesão recente na coxa direita, antes da partida contra o Internacional, e não retornou desde então. Na temporada, ele já acumula um gol e duas assistências na temporada, sem contar o campeonato estadual.


- // -

> Veja as últimas informações sobre o Mengão em nossa página principal, Clique Aqui



Fonte: https://colunadofla.com/2020/11/documentario-mosaico-produzido-por-diego-ribas-bate-um-milhao-de-vizualizacoes/

CURTA NOSSA PÁGINA



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário