sexta-feira, 2 de outubro de 2020

Flamengo vê renovação de Diego Alves se arrastar em meio à ascensão de Hugo Neneca



De volta aos treinos após se recuperar de uma lesão no ombro há exato um mês, o goleiro Diego Alves vê se arrastar seu processo de renovação por um período ainda maior.





Com vínculo até dezembro deste ano, o atleta de 35 anos tem a perspectiva de voltar para a Europa, e assim como Rafinha exige do Flamengo um valor acima do que o clube esperava ter que pagar para a permanência.


A boa relação com o empresário Eduardo Maluf é um dos trunfos da diretoria rubro-negra para conseguir convencer o jogador a estender sua passagem pelo clube, desejo já externado, desde que algumas condições sejam atentidas.





Mas há outras dificuldades nos bastidores que atrapalham o desfecho, que na visão do Flamengo já deveria ter acontecido. O desgaste passa pela relação um pouco distante do atleta com o preparador de goleiros Wagner Miranda, que voltou ao clube a pedido do vice de futebol Marcos Braz ano passado.


Desde quando foi convencido pelo dirigente a ficar no Flamengo, em 2019, após briga com o técnico Dorival Júnior, Diego Alves tentava que o clube buscasse o preparador Leandro Franco, seu amigo pessoal, e teve o pedido negado.





Em seguida, viu outro profissional, Nielsen Elias, com quem tinha mais proximidade, ser demitido. O goleiro interveio junto à direção pela permanência do funcionário, mas novamente não foi atendido. Nesse momento, o Flamengo já tinha lhe ofertado a renovação até o fim de 2021. O atleta quer mais um ano para que abra mão de sair livre para a Europa em janeiro.



- // -

> Veja as últimas informações sobre o Mengão em nossa página principal, Clique Aqui



Fonte: https://oglobo.globo.com/esportes/flamengo-ve-renovacao-de-diego-alves-se-arrastar-em-meio-ascensao-de-hugo-neneca-24672036

CURTA NOSSA PÁGINA



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário