sábado, 11 de julho de 2020

Silvio Santos vai usar Fla x Flu como teste e SBT pode comprar transmissão do Carioca até 2024, diz jornalista



Por Cosme Rímole | R7: Como o blog publicou ontem, Rede TV! e Band recuaram, não quiseram negociar com o Flamengo a transmissão da final do Campeonato Carioca, na próxima quarta-feira à noite, no jogo contra o Fluminense.


A emissora carioca considera que o contrato do Estadual do Rio de Janeiro até 2024 foi rescindido, quando o Flamengo transmitiu o jogo contra o Boavista, no seu canal no youtube.

Rede TV! e Band têm por tradição comprar, por preço baixo, torneios que pertencem à Globo.

Não quiseram romper esse elo.

Mas Silvio Santos, não teve medo da Globo.

Rompeu um jejum de 17 anos para São Paulo e Rio.


De surpresa, ontem à noite, vazou que o SBT fechou com o Flamengo a transmissão da partida final do Carioca.

O jogo de amanhã, com mando Fluminense, por enquanto só no canal do clube no youtube.

Repetiu o que já havia feito em 1981, quando era o principal apresentador da emissora, mas decidiu andar com as próprias pernas.

E conseguiu ganhar a concorrência pública pela concessão cassada da extinta TV Tupi, de São Paulo.

Desde então, conflitos entre seu canal e a Globo são comuns.

Envolveram Jô Soares, Gugu, Sérgio Chapelin.

No futebol, Silvio Santos teve péssimas experiências.


Ficou com a certeza de que não havia como romper o monopólio da Globo nas grandes competições.

A Copa do Brasil, criada em 1989, era uma competição que não despertou a atenção da emissora carioca. Marginalizada, desprezada.

Veja mais: Flu e Fla somam mais de R$ 130 mil de prejuízo em final da Taça Rio

Até que, em 1995, o SBT, mudando o foco de sua programação, buscando novos patrocinadores 'da elite', resolveu comprar, de forma exclusiva, a competição.

Investiu forte em publicidade.

Revolucionou o torneio, que acabou tendo como campeão o Corinthians, vencendo o Grêmio, por 1 a 0, em Porto Alegre.

A partida chegou a 42 pontos de audiência, com pico de 34 pontos.


Silvio Santos ficou eufórico. Sua emissora também transmitiu a de 1996 e 1997, com Cruzeiro e Grêmio campeões.

Até que a Globo percebeu o desperdício. E trabalhou junto à CBF. E conseguiu acabar com a exclusividade do SBT em 1998. Silvio Santos ficou revoltado e abandonou o torneio, que desde então é só da Globo.

O empresário se animou em 2011, quando a cúpula Globo sabia que a concorrência pela transmissão do Brasileiro iria ser cara, como nunca havia sido.

O SBT estava disposto a comprar o torneio, que seria vendido pelo Clube dos 13, entidade que representava os principais clubes brasileiros.

Só que, tendo o ex-presidente da CBF, Ricardo Teixeira, como intermediário, Corinthians e Flamengo foram convencidos a abandonarem o Clube dos 13. E como clubes mais populares do Brasil, passaram sempre a ganhar mais nos contratos com a Globo.


Silvio Santos se revoltou e desistiu de grandes eventos de futebol. Suas afiliadas até transmitem alguns jogos esparsos, principalmente no Nordeste.

Mostram, por exemplo, a Copa do Nordeste.

Até que representantes da Loterj, patrocinadora do Carioca de 2020, procurou o escritório da emissora paulista no Rio. E sugeriu a transmissão do jogo final do torneio, o Fla-Flu de quarta-feira.

Antes de aprovar, Silvio Santos procurou seu genro, o deputado federal e ministro das Comunicações, Fabio Faria.

Se certificou que não há problema algum, por conta da Medida Provisória 948, que concede o direito de transmissão do mandante do jogo, o Flamengo.

Mesmo o Fluminense tendo assinado contrato com a Globo.


Ao saber que a emissora carioca o entende como rescindido, Silvio Santos autorizou a compra dos direitos para a tevê aberta do Flamengo.

Outro genro de Silvio é o atacante do São Paulo, Alexandre Pato.

Ou seja, ele está cercado de futebol na família.

A situação foi tão improvisada que o SBT não tinha narrador. O principal da Fox Sports, Téo José foi contatado para trabalhar apenas na final, e deverá transmitir o jogo.

A liberação deve acontecer por parte da Disney, dona da Fox Sports.

Mas a organização da transmissão será da PlayRec Produções. Ela faz as transmissões do Premiere, canal pay-per-view da Globo. As imagens e transmissões dos jogos são de ótima qualidade.


Silvio quer fazer desse jogo uma experiência.

Mostrá-lo para o eixo Rio-São Paulo, Norte e Nordeste.

Caso tenha muita audiência e, não exista problema legal, o SBT está disposto a investir.

Negociar o direito de transmissão dos próximos Cariocas, que a Globo não quer mais. E que estão sem dono na tevê aberta.

Silvio já sabe.

A relação entre a emissora da família Marinho e a Ferj é péssima.

Não é como era com a CBF, no final da década de 80.

A Globo fez renascer um concorrente pelo futebol brasileiro...


Fonte: https://esportes.r7.com/prisma/cosme-rimoli/transmissao-do-carioca-ate-2024-e-oferecida-a-silvio-santos-11072020

CURTA NOSSA PÁGINA




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário