sábado, 4 de abril de 2020

Sem jogos há duas semanas, Flamengo não define mudanças no sócio-torcedor



A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou a suspensão dos torneios nacionais por tempo indeterminado no dia 15 de março. Depois de duas semanas sem jogos oficiais, o Flamengo ainda não anunciou o que será feito com as cobranças referentes aos planos de sócio-torcedor do clube, já que não tem como prever quando que os estádios poderão ser frequentados.


Internamente, os dirigentes debatem alternativas para não deixar os rubro-negros na mão durante o período que não terá jogos. Mais de duas semanas se passaram, nada foi divulgado e a demora por uma resposta oficial incomoda torcedores Brasil a fora.

A assessoria institucional do Flamengo foi procurada pela reportagem e garantiu que o assunto está sendo tratado e novidades poderão ser anunciadas em breve, mas, até o momento, não há definição sobre o assunto.

No atendimento do "Nação Rubro-Negra", canal no Whatsapp entre clube e torcedor, a resposta oficial passada pela funcionária é que os valores dos planos não sofrerão alterações durante a paralisação e "as parcelas continuarão com o mesmo valor e seu plano estará ativo até a data final, sem desconto".


Quando questionada se o torcedor ficar sem receber o salário, ou até mesmo for demitido, terá que continuar pagando de forma integral e não terá descontos futuros, a funcionária apenas respondeu:

"Se a solicitação for de cancelamento, estamos oferecendo um aumento de 30 dias + um Upgrade sem custo".

Durante o período de incertezas, alguns torcedores procuraram o vice-presidente de marketing e comunicação do Flamengo, Gustavo Oliveira, para saber se o clube irá dar descontos aos sócios-torcedores durante o espaço de tempo que ficará sem jogos, mas o dirigente disse que ainda não há definição.


E OS OUTROS CLUBES DO RIO?

O Vasco, assim como o Flamengo, ainda não se pronunciou a respeito do assunto. O Fluminense e o Botafogo já anunciaram as suas respectivas decisões sobre os planos de sócio-torcedor.

O Tricolor anunciou descontos extras em ingressos para partidas do mando de campo da equipe. Além disso, a pontuação obtida pelo pagamento das mensalidades durante a quarentena terá valor dobrado no programa de pontos do "Sócio Futebol", que será lançado no segundo semestre.

O Botafogo divulgou as medidas tomadas pelo clube para o programa sócio-torcedor. O Alvinegro garantiu que nenhum sócio-torcedor será prejudicado com a perda de qualquer benefício, independentemente do período em que as partidas estejam suspensas. Outra medida é que os associados do "Pacote Temporada" terão seus pacotes estendidos até o final das competições válidas pelo ano de 2020.

Além disso, o "Programa Sou Botafogo" vai conceder um desconto significativo na renovação e aquisição de novos planos e pacotes para a próxima temporada àqueles que continuarem junto com o Clube nesse período de dificuldades.


Fonte: O Dia

Curta nossa Página




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário