segunda-feira, 13 de abril de 2020

Flamengo faz plano com 11 medidas contra coronavírus para volta aos treinos



Ao passo que dirigentes discutem o retorno das atividades em meio a pandemia da Covid-19, o Flamengotenta antecipar as ações necessárias e já montou um plano de ação emergencial para o retorno das atividades no Ninho do Urubu. Cozinha e vestiário fechados são algumas delas.


Segundo o UOL Esporte apurou, o Rubro-negro listou 11 medidas que serão executadas quando o elenco retomar o dia a dia no centro de treinamento. Não há, no entanto, uma definição sobre quando isso ocorrerá.

Em princípio, os comandados de Jorge Jesus voltam aos treinamentos no dia 21 de abril, mas pode ser que o calendário seja reajustado. Apesar de ser um dos clubes brasileiros de maior saúde financeira, o Flamengo acompanha o desenrolar da crise com extrema atenção.

Os funcionários do Rubro-negro entraram em férias coletivas, e a volta será na penúltima semana de abril. Com a Gávea fechada para sócios, o ginásio Hélio Maurício está à disposição do Governo do Rio para auxiliar no tratamento de vítimas do novo coronavírus .

Hoje (13), os médicos da Série A do Campeonato Cariocavão se reunir para iniciar a confecção de um protocolo único de saúde para as equipes . A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro, por sua vez, agiliza a compra de testes .


O plano de ação do Flamengo:

1 - Contratação de empresa especializada em limpeza para desinfecção das áreas do CT. Utilização de produtos que comprovadamente matem o vírus.

2 - Equipar equipe de limpeza com Equipamentos de Proteção Individual (EPI). Funcionários irão usar cloro e álcool 70º antes e depois da passagem dos atletas.

3 - Treinamento dos funcionários para utilização correta das EPI's

4 - Distribuição de recipientes com álcool em gel pelo CT, além de embalagens para uso individual.

5 - Não utilização dos aparelhos de ar condicionado, deixando portas e janelas abertas.


6 - Não utilização do vestiário para troca de roupa e banho. Atletas farão isso em seus respectivos quartos.

7 - Troca diária de roupa de cama e banho. Itens levados para lavanderia para lavagem e secagem em alta temperatura.

8 - Cozinha e refeitório fechados. Em caso de necessidade de alimentação, empresa que fornece alimentos em dias de jogos fará o serviço. Os itens vêm prontos e embalados individualmente.

9 - Proibido recebimento de mercadorias e entrada de pessoas que não trabalhem no CT.

10 - Em caso de fornecimento de alimentação, atleta fará refeição em área aberta ou levará para casa.

11 - Uso de mão de obra já existente para limpeza e desinfecção mais profundas das áreas durante a madrugada.

Dei prioridade para o Flamengo pela torcida, diz Gustavo Henrique


Fonte: Uol

Curta nossa Página




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário