quinta-feira, 2 de janeiro de 2020

Atlético-MG se mostra irredutível, e valores pedidos afastam Guga do Flamengo



O flerte entre Flamengo e Guga não vai virar namoro, pelo menos por agora. Depois de o lateral-direito do Atlético-MG ser oferecido à equipe carioca, a cúpula rubro-negra conversou com um dos empresários da TFM Agency, empresa que agencia a carreira do jogador, para buscar informações e valores para uma possível negociação.


O responsável pela sondagem foi Bruno Spindel, diretor do Flamengo. O dirigente chegou planejar em uma oferta de 2 milhões de euros, cerca de 6,5 milhões de reais, por 50% dos direitos econômicos, e apresentou os valores ao agente de Guga, que conversou com o Atlético-MG. O Galo, por sua vez, descartou qualquer negociação pelas cifras discutidas e "sentou" nos valores estabelecidos para se desfazer do jogador.

O time mineiro pagou 7,5 milhões de reais, por 75% dos direitos econômicos, - o restante pertence ao Avaí, ex-clube do atleta, - e só aceita negociar Guga por, pelo menos, 5 milhões de euros, que daria algo em torno de 20,5 milhões de reais. O Flamengo acha que, neste cenário, não vale o investimento para ter o jovem jogador e, por enquanto, tirou o time de campo.


O presidente do Atlético-MG, Sérgio Câmara, em recente contato com a reportagem, disse que Guga será o titular da lateral direita e disse que só negocia o lateral "por dois caminhões de dinheiro", mas não falou de valores especificamente.

"Guga não sai nem por um caminhão de dinheiro. Sai por dois (caminhões de dinheiro) só. Sou mineiro e não falo de valores (risos), mas Guga será o nosso lateral titular", disse Sérgio.

Convocado para a seleção pré-olimpica, Guga irá se apresentar ao técnico Jardine nesta sexta-feira. O Atlético-MG acredita que o jogador chegará na janela do meio do ano valorizado e, assim, terá a chance de conseguir um bom valor com algum clube europeu.


Fonte: https://odia.ig.com.br/esporte/flamengo/2020/01/5847581-atletico-mg-se-mostra-irredutivel--e-valores-pedidos-afastam-guga-do-flamengo.html

Curta nossa Página




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário