quinta-feira, 16 de janeiro de 2020

59 minutos em campo e nenhum gol, como foi a curta passagem de Pedro pela Fiorentina



De tão curta, a passagem de Pedro pela Itália é difícil de ser julgada. Ao todo, ele entrou em campo quatro vezes pela Fiorentina, totalizando 59 minutos de futebol. Todos os jogos foram pelo Campeonato Italiano e, em todas as partidas, ele iniciou no banco de reservas e foi lançado na segunda etapa. O clube italiano aceitou emprestá-lo até o fim do ano ao Flamengo. O jogador deve chegar ao Rio na sexta-feira para fazer exames médicos e assinar contrato.


O clube acertou o pagamento de cerca €1 milhão pelo empréstimo (R$ 4,6 milhões) para ter o centroavante de 22 anos. O valor será abatido ao fim do contrato, caso o rubro-negro exerça a opção de compra. Pedro terá salário na faixa dos R$ 500 mil.

— Não tiveram paciência com ele. A Fiorentina acaba de contratar Cutrone, outro centroavante — destaca o jornalista Maurício Cannone, correspondente no Brasil do jornal italiano “Gazzetta dello Sport”.


Segundo ele, a imprensa local enxerga o empréstimo ao Flamengo como tentativa de salvar um investimento. Mas a sensação de que o tempo dado a Pedro foi curto é reforçada quando se nota que o jogador chegou à Itália em recuperação de um problema muscular. Passou por um período de preparação e, em setembro, jogou duas partidas pelo time sub-19 da Fiorentina. E só estreou em novembro na equipe principal.

Pedro ainda encontrou um clube em momento um tanto instável. Sua transferência foi finalizada em agosto. Dois meses antes, a Fiorentina viveu uma crise de gestão e o Conselho de Administração se demitiu em bloco. Enquanto isso, foi anunciado que o clube estava à venda. No dia 6 de junho, foi finalizada a negociação ao bilionário norte-americano Rocco Commisso. Em seguida, começaram as contratações.


Pouco antes de Pedro, que custou € 11 milhões, chegou o atacante francês Ribéry. Em dezembro passado, no entanto, ele precisou passar por uma cirurgia no tornozelo. O clube ainda buscou o chileno Erick Pulgar por € 10 milhões e o veterano ganês Kevin Prince Boateng.

Em campo, os resultados não aconteceram. Ou seja, Pedro chegou à sua primeira experiência europeia num cenário altamente hostil. A Fiorentina é 14ª colocada no Campeonato Italiano, com 21 pontos em 19 jogos. Em dezembro, a campanha ruim levou à demissão do técnico Vicenzo Montella, logo após uma goleada de 4 a 1 aplicada pela Roma.


O site “Violanews”, dedicado a notícias da Fiorentina, avaliou que “é injusto colocar a culpa toda em Pedro” e ressaltou que o clube poderia ter buscado um jogador com mais experiência europeia, caso quisesse resultados tão imediatos.

A lesão no ligamento do joelho direito que Pedro sofreu em 2018 ainda inspira cuidados no Flamengo. Foram oito meses de recuperação, e desde então o atacante não atuou em alto nível.


Na Itália, participava dos treinos normalmente e não se queixou de problemas. No entanto, o Flamengo pretende avaliar se a contusão deixou algum desequilíbrio muscular, consequência natural em vários casos.


Fonte: https://oglobo.globo.com/esportes/quatro-jogos-nenhum-gol-como-foi-passagem-de-pedro-pela-fiorentina-24192744

Curta nossa Página




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário