quarta-feira, 6 de novembro de 2019

Destaque na Taça das Favelas, Ronald fala das dificuldades antes de assinar com o Flamengo: ‘Ninguém notava que eu existia’



A edição carioca da Taça das Favelas 2019 mudou a vida do jovem Ronald, de 17 anos. Representando Gogó da Ema, comunidade localizada no município de Belford Roxo, na Baixada Fluminense, ele foi campeão, artilheiro e craque da competição, chamando a atenção de diversos clubes do Brasil, entre eles, o Flamengo, com o qual assinou um contrato de formação por três anos.


Na última segunda-feira, Ronald participou do "Entrelinhas", um evento de jornalismo e marketing esportivo organizado por alunos da Universidade Federal Fluminense (UFF). Lá, a jovem promessa contou as dificuldades encontradas durante a sua jornada, que reflete a de milhares de outros adolescentes que lutam para manter vivo o sonho de ser um jogador de futebol. Ele também falou sobre as mudanças ocorridas desde chegou ao Flamengo.

"A principal diferença é que antes do Flamengo, ninguém notava que eu existia. Agora, as pessoas me notam dentro da minha própria comunidade, e também fora dela”, analisou.

Ronald participou do "Entrelinhas", um evento de jornalismo e marketing esportivo organizado por alunos da Universidade Federal Fluminense (UFF) - Vanessa Barcellos / Marco Serra


Apesar do grande passo realizado, Ronald fez questão de dizer que mantém os pés no chão.

"Mas independentemente disso, não deixo que isso suba à minha cabeça e encaro minha nova realidade como o meu trabalho, e a minha oportunidade de realmente mudar a minha vida e a vida dos meus pais. Por isso, sigo trabalhando e me esforçando a cada dia. Quero agarrar essa oportunidade e poder dar uma vida melhor para os meus pais, que tanto já fizeram por mim. Agradeço muito ao Flamengo por isso", concluiu.


Fonte: https://odia.ig.com.br/esporte/flamengo/2019/11/5822480-destaque-na-taca-das-favelas--ronald-fala-das-dificuldades-antes-de-assinar-com-o-flamengo-----ninguem-notava-que-eu-existia.html

Curta nossa Página




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário