segunda-feira, 25 de novembro de 2019

Após citar Fla como hexa, CBF esclarece: "a título de opinião, é hepta"



Após informar ao UOL Esporte que classificava o Flamengo como hexacampeão brasileiro, a CBF voltou a entrar em contato com a reportagem na noite desta segunda-feira (25) para esclarecer seu entendimento sobre o caso. De acordo com a entidade, no âmbito esportivo, "a título de opinião", a confederação brasileira considera o Rubro-Negro carioca heptacampeão.


Ainda que diga respeitar a decisão do STF de que o Sport (PE) é o único campeão brasileiro de 1987, a CBF entende que o título do Flamengo da Copa União do mesmo ano se soma aos outros seis brasileiros do time carioca, totalizando sete conquistas.

"A CBF esclarece que, ao longo do processo judicial sobre o Campeonato Brasileiro de 1987, defendeu que o título fosse compartilhado entre Sport Clube do Recife e Clube de Regatas do Flamengo. A decisão judicial determinou que o Sport Clube do Recife fosse considerado o Campeão Brasileiro daquele ano. Sob o ponto de vista esportivo, a CBF, a título de opinião, considera que o Clube de Regatas do Flamengo é merecedor da designação de heptacampeão brasileiro", disse o novo comunicado da CBF enviado ao UOL cerca de quatro horas depois de seu posicionamento oficial.


A mudança reforça o impasse que domina as conversas nos corredores da CBF há quase duas semanas. Inicialmente, respeitou-se a decisão do STF de março de 2018. Posteriormente, optou-se por deixar explícito que o entendimento esportivo —e político— da entidade é pelo heptacampeonato. A cúpula da confederação buscou o que chamou de "esclarecimento" para evitar qualquer estremecimento na relação com diretoria e torcida do Flamengo.

Na semana passada, antes de o Palmeiras ser derrotado pelo Grêmio e confirmar o título flamenguista, o UOL Esporte expôs duas linhas que concorriam dentro da confederação em relação à conquista. Uma corrente vê como natural seguir a ordem da maior instância da Justiça do país e outra que se preocupava com um desgaste institucional com o clube carioca baseada em uma resolução de 2011, assinada por Ricardo Teixeira, que considerava Sport e Flamengo como campeões em 1987.


Com seu novo posicionamento, a CBF mantém a postura de evitar desgaste com aquela que é a maior torcida do país. A confederação já não pretendia usar o termo "hexa" em suas publicações. No último domingo, inclusive, a entidade citou a conquista da Copa União no que chamou de "lista de títulos do Flamengo".


Fonte: https://www.bol.uol.com.br/esporte/2019/11/25/apos-citar-fla-como-hexa-cbf-esclarece-a-titulo-de-opiniao-e-hepta.amp.htm

Curta nossa Página




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário