segunda-feira, 14 de outubro de 2019

Saiba as chances de Rafinha, Arrascaeta e Filipe Luís enfrentarem o Grêmio



Dentro de campo, a fase do Flamengo é excelente. Fora dele, há a preocupação com os atletas lesionados. A necessidade de cirurgia de Rafinha aumentou a lista de lesionados do clube — que já contava com o lateral-esquerdo Filipe Luís e com o meia Arrascaeta — a poucos dias do duelo contra o Grêmio, dia 23, no Maracanã, pelo jogo de volta da semifinal da Libertadores. Confira a situação de cada um e as chances de retornos dos atletas.


Arrascaeta

A lesão do camisa 14 aconteceu na partida contra o Grêmio, na Arena, pelo jogo de ida da semifinal da Libertadores. Após disputar bola com o lateral-esquerdo Bruno Cortez, sentiu dores no joelho. Ao final da partida, foi examinado e diagnosticado com uma lesão no ligamento colateral medial e no menisco medial do joelho esquerdo.

— O Arrascaeta fez uma lesão do ligamento colateral medial e também do menisco medial. Portanto, um tratamento cirúrgico, ele vai realizar uma artroscopia — disse o coordenador médico do Flamengo, Márcio Tannure, no dia 3 de outubro.
Oficialmente, o Flamenho não descarta a presença de Arrascaeta contra o Grêmio no jogo de volta, mas há a ciência de que será preciso uma recuperação mais rápida que o normal para que o uruguaio esteja apto para entrar em campo.

A expectativa padrão é que Arrascaeta volte aos gramados apenas no início de novembro, perdendo assim a semifinal da Libertadores. Atualmente, o meia trabalha em três turnos para se recuperar da lesão.


Filipe Luís

Assim como Arrascaeta, Filipe Luís sentiu o joelho na partida contra o Grêmio, na Arena, pelo jogo de ida da semifinal da Libertadores. Após dividir com o volante Maicon, sentiu dores no joelho. Foi diagnosticado com uma lesão no ligamento colateral lateral do joelho, mas não precisará passar por cirurgia.

— O tratamento é conservador com fisioterapia — explicou Márcio Tannure.

A expectativa é que Filipe Luís esteja apto para enfrentar o Grêmio, no jogo de volta. Porém, tudo dependerá da evolução do seu tratamento. A estimativa é de um retorno entre duas a três semanas, sendo liberado na semana da semifinal. Assim como no caso de Arrascaeta, o clube não divulgou previsões oficiais.
O Flamengo está fazendo trabalho em período integral com o lateral-esquerdo, com reforço até mesmo em casa visando acelerar a sua recuperação.

Rafinha

A lesão de Rafinha aconteceu na partida contra o Athletico, na Arena da Baixada, pelo Campeonato Brasileiro. Após choque com o atacante Rony, teve constatada uma fratura na face, no arco zigomático, e terá que passar por procedimento cirurgico para correção — marcado para esta noite de segunda-feira.

O lateral-direito está fora da partida contra o Fortaleza, nesta quarta-feira, pelo Brasileiro, mas a tendência é que esteja em campo contra o Grêmio, pela Libertadores. Como não será necessária a inclusão de pinos na cirurgia, há a expectativa de que Rafinha atue utilizando uma máscara de proteção. Porém, como de costume, prazos não foram divulgados pelo Flamengo.
Rafinha está sentindo dores e inchaço na região da bochecha. Augusto César, médico especializado em cirurgias na face, será o responsável por comandar a cirurgia.


Fonte: https://oglobo.globo.com/esportes/flamengo-saiba-as-chances-de-rafinha-arrascaeta-filipe-luis-enfrentarem-gremio-24016877

Curta nossa Página




Um comentário:

Deixe seu comentário