terça-feira, 7 de maio de 2019

"Flamengo mudou minha vida": Biancucchi se declara ao Rubro-Negro e lembra quando castigou o Flu



Maracanã, camisa 10 e brilho no Fla-Flu. Qualquer torcedor rubro-negro lembra logo de Zico, o maior ídolo da história do clube, e que costumava castigar o rival tricolor. Só que outros atletas também tiveram esse protagonismo, de uma forma menos badalada do que a do Galinho, como o caso de Maxi Biancucchi.



Contratado em 2007 com a missão de salvar a equipe do rebaixamento, o primo de Lionel Messi logo caiu nas graças da torcida. Na estreia, anotou o gol da vitória heróica sobre o Fluminense por 1 a 0, em partida válida pelo Brasileirão. Na ocasião, o time da Gávea teve dois jogadores a menos durante boa parte do jogo, mas mesmo assim saiu com três graças ao belo gol do então camisa 10. Em entrevista exclusiva ao FOXSports.com.br, ele falou sobre essa época e se declarou.

"Acho que foi uma linda passagem. Poderia ter sido melhor se acontecesse com 25, 26 anos e não aos 20. Precisa ter maturidade para estar em um clube tão grande", afirmou Maxi, citando o seu melhor momento em solo carioca.



"Achou que foi no começo. O gol no Fla-Flu, esse campeonato foi muito bom para mim. Mas me machuquei e nada voltou a ser igual. Tinha muita competência, muitos jogadores bons, e não recuperei o nível. Faltou maturidade, como já falei, para me manter motivado, mesmo não sendo opção. E às vezes isso é difícil", explicou.

Maxi ficou no Flamengo até 2009, foi campeão da última conquista de Brasileirão da equipe, mas a lembrança mais marcante é de fato a do primeiro ano. Homem de velocidade do time chamado de 'Tropa de Elite', por conta dos quatro volantes titulares na equipe de Joel, ele foi peça fundamental no esquema e se entrosou bastante com o centroavante Souza.



"Flamengo marcou a minha vida. Não só no futebol e sim na vida. Como falei, convivi com a presão, e o nível de exposição é muito grande, é preciso estar preparado não só com seu futebol e sim mentalmente. Como falei, se fosse para o Flamengo mais velho, talvez tivesse permanecido maior tempo. Mas já não podemos mudar isso. Fui feliz", finalizou.

O Flamengo vai para a última rodada na busca por um empate contra o Peñarol, nesta quarta-feira, para sair de campo com a vaga nas oitavas de final da Conmebol Libertadores.


Fonte: https://www.foxsports.com.br/news/406770-flamengo-mudou-minha-vida-biancucchi-se-declara-ao-rubro-negro-e-lembra-quando-castigou-fluminense

Curta nossa Página




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário