segunda-feira, 28 de janeiro de 2019

Fla passa tanto tempo atrás do placar quanto na frente, e Abel quer mais atenção



O Flamengo ainda não perdeu. Com sete pontos, está com a classificação encaminhada às semifinais da Taça Guanabara. Mas, embora seja válida a ressalva de que a temporada esteja só começando, chama a atenção um dado nos três jogos: em todos, o Rubro-negro saiu atrás no placar.


Até agora, o Flamengo ficou à frente do placar tanto quanto esteve perdendo. Dos 270 minutos de futebol, conta que desconsidera acréscimos e períodos de interrupções, foram 55 minutos perdendo e outros 55 vencendo. Chama atenção também é que os gols sofridos saíram cedo. Contra o Bangu, foi aos três minutos. Diante do Resende, aos 19. No clássico contra o Botafogo, aos 25.

Abel Braga olhou a situação pelo lado positivo e citou que o time já virou dois jogos (o dobro de 2018). Mas o treinador deu o recado:

— Espero que não tenha que ficar correndo atrás de resultado todo jogo.

O treinador tem um diagnóstico para a situação. Mas ele evita apontar o dedo para um jogador específico, apesar de, no jogo contra o Bangu, Rodrigo Caio foi quem perdeu a disputa pelo alto com Anderson Lessa.


— Falha coletiva. Não pode falar que foi falha dos zagueiros. Contra o Bangu, houve falhas mais de concentração do que individual — disse.

Neste domingo, o grupo já se reapresentou no Ninho do Urubu. O tempo entre o próximo jogo é curto: já amanhã, no Maracanã, o adversário é o Boavista. A dúvida é até que ponto irá a rotação no elenco. Vale lembrar que Abel usou contra o Botafogo a mesma escalação do primeiro jogo. Em tese, amanhã será a vez da turma que enfrentou o Resende. Mas o treinador, tendo à disposição todos os reforços, já estuda ajustes no planejamento para o jogo.

— Já falei para eles que estou começando a pensar em misturar um pouco.


Fonte: https://extra.globo.com/esporte/fla-passa-tanto-tempo-atras-do-placar-quanto-na-frente-abel-quer-mais-atencao-23407001.html

Curta nossa Página



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário