Jornal argentino faz matéria apresentado Dorival, e diz que técnico tem 'pancinha de cerveja e feijoada'



O jornal argentino "Olé" fez uma reportagem para apresentar a seus leitores a vida e a obra do técnico Dorival Júnior, que, à frente do Flamengo, aplicou uma humilhante goleada de 4 a 0 sobre o Véllez Sarsfield em Buenos Aires na última quarta-feira, pela semifinal da Libertadores .

Na reportagem publicada hoje, o treinador é descrito como "como um líder muito pouco conhecido no meio argentino" e "um técnico que, em um futebol atual que vive falando de métodos modernos de treinamento, penteia cabelos brancos: tem 60 anos".


O texto do "Olé" relembra os treinadores brasileiros mais conhecidos pelo público argentino, como Tite, Felipão, Renato Gaúcho e Cuca, além do português Abel Ferreira do Palmeiras, para mostrar que Dorival não está na lista dos mais famosos. "O certo é que, no meio argentino, o nome de Dorival Júnior diz pouco e nada. Mesmo assim, esse grisalho de pancinha de cerveja e feijoada é treinador há 20 anos."

Depois de listar os clubes defendidos por Dorival como jogador e técnico, o "Olé" relata então a grande polêmica que o treinador viveu com Neymar no Santos, em 2010. "Em 2010, na sua passagem pelo Santos, onde ganhou a Copa do Brasil, dirigiu um jovem que começava a brilhar. Um tal de Neymar... E houve brigas. Em uma partida contra o Atlético Goianiense, Dorival deu a ordem para que Edu batesse um pênalti que Neymar queria bater, e Neymar já era a grande estrela do futebol brasileiro. E no meio da partida, Neymar, que tinha 18 anos, protestou: à vista de todos, criticou essa decisão do técnico, gerando uma grande polêmica."


O jornal argentino também relembrou as duas primeiras passagens de Dorival pelo Flamengo, em 2012 e 2018, e destacou que o técnico nessa última ocasião, apesar do vice-campeonato brasileiro, Dorival "não teve uma boa relação com o goleiro Diego Alves (ainda hoje no elenco) e partiu".

Trecho de reportagem do "Olé" onde Dorival Júnior é descrito como "grisalho de pancinha de cerveja e feijoada" - Imagem: Reprodução

A reportagem do "Olé" contou também sobre a cirurgia que o treinador fez para retirar um tumor na próstata e sobre sua campanha para conscientização masculina sobre o câncer . Ao final, a publicação destacou os bons números do treinador à frente do time rubro-negro. "Ele pegou o Flamengo na 13ª posição do Brasileirão e está em segundo, a sete do Palmeiras. E um dado: faz 15 jogos que o Fla não perde."


Depois de golear o Véllez na Argentina, o Flamengo encaminhou a classificação para a grande final, que será disputada em Guayaquil, no Equador. O jogo da volta contra os argentinos está marcado para a próxima quarta-feira no Maracanã. Amanhã a equipe enfrenta o Ceará pelo Brasileiro.

Fonte: Uol
Imagem: Divulgação

- // -

Clique aqui para ver mais notícias do Fla

Tags

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.