Flamengo perde titulares no ataque e terá que improvisar após expulsões


Entre os quatro primeiros colocados do Brasileirão e classificado às finais da Copa do Brasil e da Libertadores , o Flamengo é, independentemente da via, um dos brasileiros mais próximos de uma vaga fase de grupos da competição continental no ano que vem. Entretanto, como todo cuidado é pouco, após a derrota no clássico para o Fluminense, Dorival Júnior assegurou que não pretende desacelerar o ritmo na Série A.


Enquanto não chegam as decisões das copas - objetivos principais da temporada -, o Rubro-Negro busca se manter na parte de cima da tabela, e terá, na quarta-feira (28), um duro desafio: enfrentar o Fortaleza, fora de casa, com oito desfalques, sobretudo no sistema ofensivo.


Os convocados Pedro, Arrascaeta, Everton Ribeiro, Vidal, Varela e Pulgar, que representarão suas seleções na Data Fifa, se somam a Marinho e Cebolinha, expulsos no acalorado Fla-Flu de ontem (18) .

Diante das convocações, os dois últimos estariam garantidos entre os 11 iniciais para o confronto na capital cearense, segundo Dorival:


"Não teremos oito jogadores: seis convocados e dois expulsos, que com certeza seriam titulares na partida seguinte. Então, temos que nos preparar ainda mais para voltar a fazer um grande jogo e, acima de tudo, com um grande resultado lá em Fortaleza."

Quais são as opções?
O setor que sentirá mais falta dos desfalques será o ofensivo, que já não conta com Bruno Henrique, se recuperando de grave lesão no joelho direito.


Dessa forma, a não ser que Dorival Júnior mude de formação tática, as opções para atuar à frente da dupla João Gomes e Thiago Maia serão escassas.

O treinador terá à disposição os meias Victor Hugo, Matheus França e Diego Ribas, e, no ataque, Gabigol e Mateusão.

Foco permanece nas copas
Embora deixe claro que entrará nas partidas do Brasileirão com "espírito de vitória", Dorival não esconde que o mais importante, no atual momento, é preparar o elenco para três datas: as finais da Copa do Brasil e a decisão da Libertadores, em jogo único.


"A ideia é essa (ter todos bem para as finais), em momento nenhum foi diferente. Temos que fazer de tudo para que cheguemos nas datas mais importantes em totais condições, com todo mundo recuperado e à disposição, corrigindo pequenos problemas que venham a ser apresentados", ponderou o treinador.

Ainda sem mandos definidos, os jogos contra o Corinthians , pela Copa do Brasil, ocorrem em 12 e 19 de outubro. A final da Liberta, diante do Athletico-PR, será na semana seguinte: dia 29, em Guayaquil, no Equador.

Até o início dessa sequência, serão quatro rodadas com o foco voltado ao Brasileirão. O primeiro desafio será às 19h (horário de Brasília) desta quarta (28), no Castelão.


Fonte: Uol
Imagem: Divulgação

- // -

Clique aqui para ver mais notícias do Fla

Tags

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.