Focado no Fla, Vélez pode cair para a lanterna do Campeonato Argentino hoje

Imagem: Divulgação




Uol: A sensação de "vai ou racha" contra o Flamengo predomina no bairro portenho de Liniers, onde fica a sede do Vélez Sarsfield. O time argentino faz hoje (28) sua última partida antes de encarar o Rubro-Negro pela Libertadores. O confronto de ida pela semifinal do torneio continental será na próxima quarta-feira (31), às 21h30 (de Brasília), no Estádio José Amalfitani, que esgotou todos os cerca de 45.000 ingressos colocados à venda.



O compromisso final do Vélez antes de encarar o Flamengo será às 15h30 (de Brasília) no Estádio Libertadores da América, em Avellaneda, nos arredores da capital argentina, onde encara o Independiente.

Será um jogo com dois times lutando pelos três pontos por conta da péssima situação mútua na tabela. O Independiente vem só em 25º entre os 28 times, enquanto o Vélez é só o 27º e penúltimo, segurando a vice-lanterna. E o que é pior: perdendo feio hoje, desceria para a última colocação do campeonato, medindo forças com o Flamengo carregando justamente a lanterninha da liga local.


O Vélez soma 11 pontos em 15 rodadas, mesma quantidade do Lanús, que tem uma vitória a mais (2 a 1) e uma diferença de cinco gols negativos no saldo (-5 do Vélez contra - 10 do Lanús), primeiro critério de desempate.

Altos e (muitos) baixos

Embora a chance de descer para o fundo da tabela seja pequena, ela escancara a dificuldade do Vélez no Campeonato Argentino com uma de suas piores campanhas de todos os tempos. São 6 derrotas, 8 empates e 1 vitória, ocorrida em 16 de junho (2 a 0 sobre o Racing fora de casa).


A razão é simples: o time simplesmente usa o Campeonato Argentino como "casting" e "laboratório" para a Libertadores, atuando em muitas rodadas com um time misto ou até mesmo reserva.

Na Libertadores, completando esta mudança de panorama, o time está entre os quatro melhores do continente e mostrando um futebol bastante aguerrido, como nas duas vitórias sobre o Talleres nas quartas de final (3 a 2 e 1 a 0), a última delas em 10 de agosto.


O técnico Alexander "Cacique" Medina vai levar um time todo reserva a campo nesta tarde, pois a ideia é entrar contra o Flamengo com força máxima e ser risco de lesões.

O ótimo volante Máximo Perrone é desfalque certo, por um trauma no tórax, deixando a situação ainda mais difícil para o time argentino diante do Flamengo.

Até o goleiro nesta tarde será reserva. Sob as traves estará Burián, enquanto o titular de hábito é Hoyos.


A formação que deve ser usada pela equipe hoje é a seguinte: Leonardo Burián; Damián Fernández, Tomás Guidara, Miguel Brizuela e Emiliano Insúa; Agustín Mulet, José Florentín, Julián Fernández, Franco Díaz e Jonathan Menéndez; Abiel Osorio.

A semifinal contra o Flamengo será a terceira do Vélez na história da Libertadores. Em 1994, foi campeão em cima do São Paulo, no Morumbi. Em 2011, foi eliminado pelo Peñarol, que perdeu a decisão para o Santos de Neymar e Paulo Henrique Ganso.


- // -

Clique aqui para ver mais notícias do Fla



Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.