terça-feira, 23 de novembro de 2021

Máscaras, bateria e festa à carioca: torcida do Flamengo lota bar em Montevidéu para jogo antes da final




Lance!: O Flamengo ainda não aterrissou em Montevidéu, mas o Uruguai já está se colorindo de vermelho e preto. Nesta terça-feira, houve concentração da torcida rubro-negra no Mercado Del Inmigrante, no bairro Punta Carretas, para assistir ao jogo contra o Grêmio, pelo Campeonato Brasileiro, o último antes da decisão da Libertadores. O LANCE! esteve no local e registrou o encontro.



Cerca de 100 flamenguistas foram aos bares locais para ver o Flamengo atuar em Porto Alegre, de onde a delegação partirá para a capital uruguaia - e treinará de quarta a sexta-feira, no Estádio Campeón del Siglo.

Antes de a bola rolar, a festa teve o seu pontapé inicial depois que um grupo de torcedores entrou no bar com máscaras gigantes de jogadores do Fla. Depois, a farra foi ganhando corpo, e as músicas deram o tom da noite. Até provocação ao Palmeiras rolou. Como é possível ver e ouvir nos vídeos abaixo:





Durante o jogo amarrado, Hugo Souza foi o mais enaltecido no primeiro tempo: “Neneca, Neneca!”, gritou a torcida em diversos momentos.



No intervalo, uma curiosidade: após o Palmeiras, rival de sábado, abrir o placar contra o Atlético-MG em São Paulo, os flamenguistas comemoraram e, alguns, empolgaram: “ainda dá!”.


Máscaras com rostos do elenco (Foto: Lazlo Dalfovo/Lancepress)

No início do segundo tempo, a torcida explodiu no primeiro gol de Vitinho e segundos antes do segundo tento, também marcado por Vitinho, a internet que suportava a transmissão do jogo sofreu uma queda de conexão. Sem o jogo no telão, a torcida começou a cantar: “Oh, oh, queremos ver o jogo!”, mas depois seguiu entoado as músicas das arquibancadas.



A imagem voltou apenas aos 35 minutos da segunda etapa, a tempo de ver o gol de empate do Grêmio, marcado por Ferreirinha, no minuto seguinte. O primeiro do adversário foi de Borja, seis minutos antes, quando a internet não colaborou com a reunião de flamenguistas no bar de Montevidéu.


O resultado não foi aquele esperado pela torcida que se reuniu na capital uruguaia, mas o foco já é o próximo sábado, na decisão da Libertadores contra o Palmeiras.  No local estava a bateria da torcida e o pagode vai rolar depois do apito final. Feito o aquecimento, o momento é de esperar pelo grande jogo.



E mais cedo, no Mercado del Puerto, também em Montevidéu, os restaurantes ouviram músicas rubro-negras, com direito até a caipirinha feita por um grupo de uma embaixada da torcida nos Estados Unidos. Veja abaixo:


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Lazlo Dalfovo/Lancepress

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário