terça-feira, 5 de outubro de 2021

Lesões, tensão por Pedro, polêmica com Gabigol e ausências explicam indignação do Flamengo com a CBF




Matheus Dantas | Lance!: Depois de ver a CBF voltar atrás e desfazer acordo feito em 2021, mantendo os jogos do Flamengo coincidentes com as Datas Fifa, a diretoria rubro-negra elevou o tom das críticas à entidade. O presidente Rodolfo Landim citou a indignação do clube com o episódio e indicou que a decisão "poderia ser uma retaliação". A certeza é que, desde 2020, são muitos os pontos de tensão entre Flamengo e CBF a respeito das convocações e o calendário do futebol nacional.



Levando em consideração rodadas das Eliminatórias Sul-Americanas, a Copa América, período de preparação da Seleção Olímpica e os períodos seguintes às reapresentações, marcados por lesões, Everton Ribeiro, Rodrigo Caio, Pedro e Gabigol já somam 45 ausências em partidas do Flamengo. Vale a explicação: em um jogo do time que os quatro atletas citados não estavam à disposição do clube por estar com a Seleção Brasileira, contabilizaram-se quatro ausências.




E a contagem está prestes a subir. Everton Ribeiro e Gabigol estão a serviço do técnico Tite na próxima semana e, assim, perderão os jogos contra Red Bull Bragantino, Fortaleza e Juventude pelo Brasileirão. Além dos brasileiros, Isla, pelo Chile, e Arrascaeta, pelo Uruguai, já foram baixas em outros tantos jogos do clube em datas Fifa. O meia, inclusive, retornou lesionado de período com a seleção celeste em 2020, perdendo oito partidas em sequência. Ambos foram convocados para a Copa América e desfalcaram a equipe entre junho e julho.

Os pontos de tensão com a CBF, contudo, têm como foco os atletas brasileiros, obviamente, e superam as ausências em datas Fifa. Abaixo, o LANCE! relembra as lesões e mais episódios que explicam a "indignação profunda" do Flamengo,



EVERTON RIBEIRO - baixa em 13 jogos do Fla, camisa 7 se destaca na Seleção

Convocados para a 1ª e 2ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas, no mês de outubro de 2020, Everton Ribeiro ficou de fora contra o Sport, Vasco e Goiás. Depois, o meia foi convocado para a 3ª e 4ª rodada, em 13 e 17/11, e foi baixa contra o São Paulo e Atlético-GO - todas as partidas pelo Brasileirão de 2020.

O camisa 7 também foi convocado por Tite nas Datas Fifa de junho, quando os jogos do Flamengo foram remanejados pela CBF. Assim, Everton Ribeiro ficou à disposição de Renato Gaúcho contra o Coritiba, em 10 de junho, antes de apresentar-se para a Copa América, disputada no Brasil entre junho e julho.



Com a Seleção Brasileira chegando à decisão da Copa América, o meia foi baixa em oito jogos: América-MG, Bragantino, Fortaleza, Juventude, Cuiabá, Fluminense e Atlético-MG, pelo Brasileirão, e Coritiba, pela Copa do Brasil.

Em setembro, novamente figurou na lista de Tite, mas as partidas do Fla foram adiadas, e Everton Ribeiro se reapresentou ao clube sem problemas, em 10 de setembro. Importante na Seleção, o meia vive grande momento com o Manto.



PEDRO - Lesão, Covid-19 em volta, tensão por Olimpíada e nove jogos fora

Convocado para a 3ª e 4ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas, em 13 e 17 de novembro de 2020, Pedro ficou fora das partidas contra o São Paulo e Atlético-GO, reapresentando-se no CT do Ninho do Urubu com uma lesão muscular, e perdeu as partidas contra o São Paulo, Coritiba e Racing (ARG).

Já em junho de 2021, Pedro e Gerson - que vivia seus últimos dias como atleta do Flamengo - , foram convocados para amistosos da Seleção Olímpica. Fora do contra o Coritiba, o centroavante testou positivo para Covid-19 no retorno ao Brasil, virando baixa contra o América-MG, Coritiba e Red Bull Bragantino.



O camisa 9 ainda seria pivô de outro ponto de tensão entre Flamengo e CBF, que o convocou para os Jogos Olímpicos de Tóquio já tendo ciência que o clube não o liberaria. O clube, enfim, conseguiu a liberação do atacante no período.

RODRIGO CAIO - Convocação e lesão no joelho tira o zagueiro de 16 partidas

Convocados pelo Brasil para a 1ª e 2ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas, em 9 e 13/10, Rodrigo Caio ficou de fora dos jogos contra o Sport, Vasco e Goiás, e retornou com desgaste muscular e, conforme informado pelo clube posteriormente, foi diagnosticado com um edema ósseo no joelho direito.



Assim, entre os jogos que estava a serviço do Brasil e em recuperação, o camisa 3 perdeu de 16 partidas, voltando a atuar pelo Fla em 1º de dezembro de 2020.

GABIGOL - 10 jogos fora, lesão 'polêmica' com a CBF e punição do Flamengo
Convocado pela Seleção para a Data Fifa de junho e para a Copa América, Gabigol ficou de fora de 10 jogos do Flamengo, sendo oito durante o torneio disputado no Brasil, na qual o time de Tite perdeu a decisão para a Argentina.



Gabigol ainda não se apresentou ao clube no intervalo entre as convocações - como Everton Ribeiro fez - e não disputou o jogo contra o Coritiba, pela Copa do Brasil. A CBF havia divulgado um exame constatando edema, e o atacante queixava-se de dores na coxa direita. O Flamengo, contudo, achou o resultado inconclusivo e contava com a apresentação do camisa 9 na capital paranaense.

Por conta do episódio, a diretoria do Flamengo acabou punindo o jogador com uma partida de suspensão. Assim, Gabriel Barbosa ainda desfalcou o Flamengo contra a Chapecoense, no primeiro compromisso do time após a Copa América.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Alexandre Vidal

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário