sábado, 9 de outubro de 2021

Com dois de Michael e um de Pedro, misto do Flamengo atropela o Fortaleza em 7 minutos




Extra: O Flamengo entrou em campo neste sábado com apenas três titulares e com a missão de conseguir manter a vice-liderança do Brasileirão. No confronto contra o Fortaleza, na Arena Castelão, o rubro-negro superou os problemas de desfalques e conseguiu vencer em um verdadeiro atropelo que iniciou aos 14 do segundo tempo com gol de Pedro e terminou aos 21 com o segundo gol na partida de Michael.



Na partida válida pela 25ª rodada, as duas equipes entraram em campo com o mesmo número de pontos (o rubro-negro tem três partidas a menos), em confronto que decidiu quem vai continuar firme na cola do líder Atlético-MG.

O primeiro tempo foi um tanto quanto decepcionante para um confronto direto na parte de cima da tabela. O Flamengo começou melhor no jogo, chegando a ter 70% de posse de bola no início da primeira etapa. Mas o time não soube aproveitar o volume de jogo para criar chances letais, pecando no último passe. Com poucas finalizações e sem muita presença na área do Fortaleza, o time tentou algumas vezes de média distância, sem sucesso.



Os número de paralisações não ajudou muito, e o Flamengo acabou perdendo o ritmo intenso. Demorou alguns minutos, mas a intensidade ofensiva retornou no segundo tempo, e a rede balançou três vezes seguidas.

O rubro-negro iniciou o massacre aos 14 minutos, com Andreas Pereira cobrando escanteio na medida que deixou a zaga totalmente perdida. Pedro mandou para dentro de cabeça e abriu o placar.



Após ficar devendo na atuação do primeiro tempo, Michael se redimiu. Ele marcou o segundo, aos 18 minutos, aproveitando o rebote de uma cobrança de falta espalmada pelo goleiro Felipe Alves. Menos de três minutos depois, o camisa 19 estava lá novamente para cabecear para o fundo das redes o cruzamento de Matheuzinho.

Após os gols o Fortaleza não demonstrava mais força para reagir  e o time não conseguiu alegrar a torcida que marcou presença no estádio — 10% da capacidade foi liberada pelo Governo do Ceará. Com o rubro-negro abrindo uma ótima vantagem no Castelão, o último fio de esperança de uma reação dos donos da casa foi para o espaço com a expulsão de Ronald, aos 22 do segundo tempo.



Para a felicidade da torcida rubro-negra, Andreas Pereira performou melhor em campo do que na última rodada. Foi dos pés dele, inclusive, que saíram as cobranças de bola parada que geraram os dois primeiros gols.

Apesar dos três pontos e a vice-liderança da tabela mantida, mais dores de cabeça para estão por vir para Renato Gaúcho. Como se a quantidade de desfalques não fossem suficiente, Vitinho — único pendurado da equipe — levou amarelo em lance bobo ainda no primeiro tempo, e está fora da próxima partida. Rodrigo Caio também foi amarelado e ambos substituídos na segunda etapa.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Kely Pereira / AGIF

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário