sexta-feira, 26 de março de 2021

Léo Pereira pede para deixar Flamengo e volta a ser sondado por Besiktas, afirma portal turco



Apesar de já ter iniciado a temporada de 2021, o Flamengo segue no mercado com o intuito de fortalecer seu plantel. No entanto, o objetivo da diretoria rubro-negra não é somente trazer reforços, mas também negociar jogadores que não estão com espaço no elenco atual, como é o caso do zagueiro Léo Pereira. Nesta sexta-feira (26), o portal turco Sporx publicou que o atleta informou aos dirigentes que deseja deixar o Mais Querido. Em meio a isso, o defensor voltou a ser pauta no Besiktas, da Turquia, e pode deixar o Fla.


Em 2020, Léo Pereira recebeu proposta de empréstimo do Besiktas, da Turquia. No entanto, as negociações esfriaram e a contratação não foi sacramentada. Isso porque, o Fla pediu cerca de 2 milhões de euros sem opção de compra, mas os turcos estavam dispostos a pagar 1.625 milhão.

A proposta inicial do Besiktas foi por empréstimo de 18 meses, com o Flamengo recebendo uma espécie de ‘compensação’, opção de compra estabelecida ao término do vínculo e empréstimo válido até junho de 2022. Contudo, a diretoria rubro-negra não achou a oferta à altura e fez uma contraproposta, pedindo cerca de 2 milhões de euros, aproximadamente 13 milhões de reais, por empréstimo de seis meses e sem valor da possibilidade de aquisição ao final do contrato.



Após receber a mensagem da contraproposta do Fla, o Besiktas desistiu da negociação e manteve o custo pré-estabelecido por eles (1.625 milhão). O Flamengo não respondeu aos turcos, e a negociação esfriou. No entanto, agora, após ficar evidente que o defensor não tem o desejo de prosseguir no Mais Querido, é possível que o Rubro-Negro volte a negociar com o clube de Instambul.


- // -

> Veja as últimas informações sobre o Mengão em nossa página principal, Clique Aqui



Fonte: https://colunadofla.com/2021/03/leo-pereira-pede-para-deixar-flamengo-e-volta-a-ser-sondado-por-besiktas-afirma-portal-turco/

CURTA NOSSA PÁGINA



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário