segunda-feira, 26 de outubro de 2020

Diego chorou no vestiário do Flamengo para encerrar discussão entre Gabigol e Arão após volta em 2019



O Flamengo teve em 2019 um ano fantástico dentro de campo, com Gabigol, Bruno Henrique, Arrascaeta e companhia voando sob o comando de Jorge Jesus. Fora das quatro linhas, um outro personagem ganhou destaque pela liderança dentro do elenco nas conquistas do Campeonato Brasileiro e Conmebol Libertadores: Diego Ribas.



Depois de uma grave fratura no tornozelo direito diante do Emelec, no dia 24 de julho de 2019, pelas oitavas de final da Conmebol Libertadores, ele retornou a campo somente em outubro, no dia 23, no 5 a 0 contra o Grêmio, pela semifinal da competição sul-americana. Sete dias depois, no turbulento empate em 2 a 2 com o Goiás, Diego chegou a chorar no vestiário após uma briga em campo.

Na ocasião, o Flamengo levou o gol de empate nos minutos finais. Após a partida, Willian Arão e Gabigol tiveram uma discussão feia ainda no gramado. No vestiário, o clima seguiu quente, algo que irritou bastante Jorge Jesus. Foi aí que o camisa 10 entrou em ação, com um discurso forte e até chorando para acalmar os ânimos.



“Aconteceu uma discussão muito grande entre o Gabriel e o Arão. Isso acabou se prolongando muito, o treinador ficou muito chateado com a atitude do Arão e do Gabriel, e o Diego interveio nessa situação. Entrou e começou a falar, falar, falar”, conta Rodrigo Caio, no documentário Mosaico, feito por Diego para retratar o retorno aos gramados após a grave lesão.

“Ele vazou tudo que ele tinha dentro. Soltou tudo para a gente. Chorou ali na frente do grupo, demonstrando o tamanho do interesse, da ambição que ele tinha de ganhar aquele título”, completou Filipe Luís.



Quem também gostou da postura do capitão do Flamengo foi Jorge Jesus. O treinador, inclusive, fazia questão de ter o camisa 10 sempre por perto, mesmo nos momentos em que Diego estava fora por lesão.

“Quando começou a poder se movimentar, procurei sempre tê-lo com a equipe no vestiário. Porque é uma voz de comando para os colegas”, disse o Mister.

Atualmente, Diego é reserva do time do Flamengo, atrás em uma briga com Arão, Gerson e Thiago Maia. Ainda assim, ele é muito aproveitado por Domènec Torrent, que costuma rodar todo o elenco nesta maratona de jogos da temporada.

Até o momento, Diego, que está fora por uma lesão no músculo anterior da coxa direita, tem 31 jogos na temporada. No ano passado, ele entrou em campo 43 vezes.


- // -

> Veja as últimas informações sobre o Mengão em nossa página principal, Clique Aqui



Fonte: https://www.espn.com.br/futebol/historias-da-bola/artigo/_/id/7646069/diego-chorou-no-vestiario-do-flamengo-para-encerrar-discussao-entre-gabigol-e-arao-apos-volta-em-2019

CURTA NOSSA PÁGINA



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário