quarta-feira, 1 de julho de 2020

Dirigente do Flamengo assegura remuneração mínima próxima aos R$ 100 milhões em parceria com o BRB



O Flamengo comunicou que fechou com o Banco Regional de Brasília, para patrocínio master, no dia 19 de junho. Depois disso, o contrato com o BRB passou por apreciação do Conselho Deliberativo. Após a aprovação, a empresa irá estrear no uniforme do Rubro-Negro nesta quarta-feira (01), em duelo pelo Campeonato Carioca. A quantia que envolve a parceria é de, no mínimo, R$ 96 milhões.


O Vice-Presidente de Comunicação e Marketing do Flamengo, Gustavo Oliveira, participou da entrevista coletiva de apresentação do Banco de Brasília. O dirigente rubro-negro exaltou a nova parceria e informou que o Fla não irá perder dinheiro, mas sim arrecadar, pelo menos, R$ 32 milhões a cada 12 meses. Com o vinculo de três anos assegurados, os valores giram em torno de R$ 96 milhões.

— Quanto aos R$ 96 milhões depois de três anos, esse é o dinheiro mínimo que o Flamengo vai receber e não tem nenhuma devolução caso não chegue nesses valores. A gente acredita que vai chegar muito mais que esses valores. Não só a gente acredita, o mercado acredita que essa parceria é uma parceria de grande sucesso. Tenho comentado com o presidente Paulo, que as ações do Banco BRB valorizaram depois da assinatura do contrato, 64% -, disse, antes de prosseguir:


— Significa que o BRB, hoje, vale R$ 1 bi e 200 milhões a mais que valia antes de assinar com o Flamengo. O mercado acredita nesse projeto. Tendo o sucesso que nós acreditamos, vai vir um valor muito maior e o mínimo garantido vai ficar muito para trás. Respondendo diretamente, nós não teremos que devolver dinheiro caso os resultados não cheguem até R$ 96 milhões depois de três anos. Esse é o mínimo que o Flamengo garante em termo de remuneração -, encerrou.

Flamengo e BRB, no entanto, não acertaram apenas um patrocínio comum. As partes se tornaram sócias, e o Rubro-Negro terá direito a lucros, como 50% da quantia arrecadada com o banco digital – que ainda será criado. Com isso, os dirigentes cariocas esperam arrecadar uma quantia ainda maior do que a prevista inicialmente.


Fonte: https://colunadofla.com/2020/07/dirigente-assegura-quase-r-100-milhoes-como-remuneracao-minima-ao-fla-durante-contrato-com-o-brb/

CURTA NOSSA PÁGINA




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário