Prefeitura e Fla estudam doar renda de primeira partida pelo brasileiro para restaurantes populares


Está na coluna do jornalista Paulo Capelli do jornal o Dia, que a prefeitura do Rio e o Flamengo estudam a possibilidade de a renda de bilheteria do jogo de estreia do Rubro-Negro no Brasileiro, contra o Atlético Mineiro, ser doada para restaurantes populares do município. Interlocutores de Crivella têm conversado com o Consórcio Maracanã, liderado pela Odebrecht, para que o valor cobrado ao Flamengo pelo aluguel do estádio na partida em questão seja reduzido ou até mesmo zerado.

A prefeitura espera angariar, com a renda do jogo, ao menos R$ 2 milhões para a compra de cestas básicas. Na última partida da Libertadores no Maracanã, contra o Atlético Paranaense, o Rubro-Negro pagou cerca R$ 1,7 milhão para atuar no estádio e arrecadou R$ 3.336.297,50 em bilheteria.






Curta nossa Página



Tags

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.