quarta-feira, 31 de março de 2021

Mais forte e mais ágil: Como Rodrigo Muniz mudou hábitos fora de campo para virar artilheiro



O domínio no lançamento de Léo Pereira foi rápido, com giro ágil e pronto para arrancada. O puxão de Kanu impediu as passadas largas rumo ao gol. O zagueiro rival acabou expulso, o Flamengo sobrou ainda mais no clássico contra o Botafogo. Antes, no primeiro tempo, Rodrigo Muniz já tinha vencido Marcelo Benevenuto no corpo para marcar o primeiro gol na vitória de 2 a 0. Força.


Os dois lances simbolizam um jovem atacante em pleno desenvolvimento. Fruto de um trabalho realizado desde meados de 2019, ainda na base, com o nutricionista Douglas Oliveira. Hoje com 19 anos, Muniz está com um percentual de gordura 5% menor do que na época. Mais forte, mais ágil, mais artilheiro.

O poder de finalização do atacante sempre impressionou nas divisões de base, onde Muniz e Douglas se conheceram há dois anos. A facilidade no jogo aéreo e a presença de área agradam demais Rogério Ceni. Não à toa o técnico assim que chegou ao Flamengo requisitou o retorno do garoto do empréstimo ao Coritiba. Dito e feito. De volta ao Ninho em novembro, ele passou a ser opção ofensiva na frente de Lincoln.



Meses antes, ainda no início de 2020, deu o pontapé no planejamento para mudar hábitos alimentares em busca de consequência direta em campo. Muniz ainda sentia alguma dificuldade em campo.

"O atleta sempre foi muito bom em termos de massa muscular. Mas ele se sentia um pouco pesado e achava que isso influenciava no estilo de jogo dele. A gente tentou com dicas melhorar um pouco a alimentação em casa. Fiz uma dieta para ele. Dava toque do que comprar, como fazer compras do mês e assim ele foi melhorando bastante, conseguindo comer melhor. Ele foi começando a evoluir. Nessa época, numa das avaliações que foi feita, ele estava com um percentual de gordura de 15% na balança que tínhamos. Ele estava um pouco fora do ideal do que a gente traçou", explica Douglas Oliveira.



A partir daí Muniz seguiu à risca o planejamento, mesmo no período em que esteve emprestado por meses ao Coritiba. Suplementação alimentar, dieta com determinadas restrições e um trabalho conjunto com a preparação física do clube.

Na sinergia entre Douglas e o preparador Roberto Oliveira, o Betinho, surgiu estratégia para realizar trabalhos específicos com foco no ganho de massa. No início deste ano, Rodrigo Muniz subiu novamente na balança. Pronto para estrear na temporada no início do Campeonato Carioca, ele comprovou a evolução.



"Ele foi bem dedicado nisso. Nas últimas avaliações, que ocorreram em fevereiro, ele caiu para 10% de (percentual) gordura. Ele desceu 5% de gordura e isso resultou em uns quatro quilos de gordura eliminados. O peso dele mudou apenas três quilos porque ele ganhou massa. Ele sempre foi um rapaz muito forte. Então o nosso protocolo era para a gente conseguir manter a massa muscular enquanto ele tinha essa perda de gordura. Objetivo de ficar um pouco mais leve, um pouco mais rápido nas mudanças de direção, melhorar as arrancadas, as impulsões e melhorar a altura que ele pode chegar num salto", completou Douglas Oliveira.

O atacante apresenta atualmente um dos menos índices de gordura e um dos maiores de massa muscular do elenco. Tem desempenho similar a Pedro, que também passou por processo parecido. O resultado para Muniz chegou no início arrebatador de Campeonato Carioca. Cinco gols em seis jogos e artilharia da competição. Contra o Macaé fez todos os gols da vitória por 2 a 0, ambos de cabeça, fulminantes.



Na campanha do último título Brasileiro Rogério Ceni o escalou ao lado de Gabigol e Pedro. Argumenta que o atacante consegue cumprir melhor a recomposição necessária nos dias atuais. Nos lados do campo, com presença na área. Pouco importa. O desejo do garoto é estar de prontidão diante da concorrência pesada no elenco. Tempo sobra pela frente para o jovem de 19 anos. O primeiro passo já aconteceu. Por cinco jogos o Flamengo colheu os frutos do trabalho especial com sua revelação. Ficou Munizado.


- // -

> Veja as últimas informações sobre o Mengão em nossa página principal, Clique Aqui



Fonte: https://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/8401596/flamengo-como-rodrigo-muniz-mudou-habitos-fora-de-campo-para-virar-artilheiro

CURTA NOSSA PÁGINA



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário