segunda-feira, 28 de dezembro de 2020

Flamengo é a segunda equipe que mais desperdiçou cobranças de pênaltis no Brasileirão 2020



O Flamengo tropeçou diante do Fortaleza no último compromisso de 2020, mas teve chance de sair com os três pontos na cobrança de pênalti com Pedro. No entanto, o camisa 21 acabou escorregando e o gol foi invalidado pelo árbitro da partida. O erro foi o terceiro do Rubro-Negro na atual competição do Brasileirão.



Pedro já havia perdido um pênalti contra o São Paulo, no primeiro turno, na derrota por 4 a 1, no Maracanã. Na mesma partida, Tiago Volpi, goleiro do São Paulo, também conseguiu defender uma cobrança feita por Bruno Henrique.

Após o empate por 0 a 0 entre Flamengo e Fortaleza, Pedro lamentou a chance desperdiçada e afirmou que o gramado acabou atrapalhando na hora de fixar o pé de apoio: “prejudicou, acabei escorregando. Não esperava, ninguém espera, mas sei da minha responsabilidade ali na hora da cobrança”.



O Flamengo é o clube que mais teve pênaltis a favor na Série A 2020. Ao lado do Atlético-MG, o Rubro-Negro bateu oito cobranças na competição, marcou cinco gols e desperdiçou três. As chances desperdiçadas pelo Mais Querido foram em partidas que Gabigol, cobrador oficial, esteve de fora por lesão e suspensão automática.

Em toda temporada, já são nove pênaltis desperdiçados pelo Flamengo. Dois deles foram perdidos nas eliminações da Copa do Brasil e da Libertadores. Vitinho isolou contra o São Paulo, enquanto Arão bateu mal e parou no goleiro do Racing.

Confira a lista completa

4 Bragantino
[3] Flamengo
2 Atlético-MG
2 Bahia
2 Palmeiras
1 Athletico-PR
1 Botafogo
1 Ceará
1 Corinthians
1 Coritiba
1 Fluminense
1 Grêmio
1 Internacional
0 Atlético-GO
0 Fortaleza
0 Goiás
0 Santos
0 São Paulo
0 Sport
0 Vasco


- // -

> Veja as últimas informações sobre o Mengão em nossa página principal, Clique Aqui



Fonte: https://colunadofla.com/2020/12/flamengo-e-a-segunda-equipe-que-mais-desperdicou-cobrancas-de-penaltis-no-brasileirao-2020/

CURTA NOSSA PÁGINA



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário