quinta-feira, 5 de novembro de 2020

Defesa volta a falhar e liga alerta no Fla para sequência de mata-matas



A vitória por 3 a 2 sobre o Athletico-PR trouxe alívio, representou a vaga nas quartas de final da Copa do Brasil , mas novos erros da defesa assombram o Flamengo e ligam o sinal amarelo em tempos de sequência decisiva de mata-matas.



Com confrontos eliminatórios pela competição nacional e pela Libertadores nas próximas quatro semanas, o Rubro-negro precisa estancar o vazamento de um time que já levou 33 gols em 25 jogos sob o comando de Domènec Torrent. Se a abordagem sobre o tema incomodou Dome após a derrota por 4 a 1 para o São Paulo , o espanhol fez uma análise mais fria e admitiu sua preocupação com erros que voltaram a ocorrer diante do Furacão.

O rubro-negro discordou apenas que as falhas sejam fruto de um setor desorganizado e colocou os gols sofridos na conta de equívocos individuais. Sem meias palavras, ele garantiu que essas falhas em série podem custar caro ao time em todas as competições, especialmente naquelas que são decididas em dois jogos.



"Não podemos dar facilidade ao adversário. No mata-mata, você está fora. Dos últimos seis gols sofridos, nós demos cinco. Podemos falar que tínhamos problemas defensivos nos meus primeiros jogos. Agora, acho que são erros individuais que temos que solucionar. Falamos muito, mas ainda está acontecendo. Estou preocupado", disse ele.

Domènec se referiu a problemas verificados no empate contra o Internacional (2 a 2) , no revés para o São Paulo (4 a 1) e até mesmo na vitória de ontem sobre os paranaenses. Nestes jogos, o Flamengo sofreu com erros de Isla, Gustavo Henrique, Léo Pereira e Willian Arão, dentre outros. O espanhol alertou que a falta de concentração tem sido determinante para a repetição do filme e disse que até mesmo a taça do Brasileiro pode ficar mais longe se isso não for corrigido:



"Falamos sempre. Podemos errar ofensivamente, todo mundo pode errar, mas não podemos dar mais gols. Por isso eu estava irritado. O time jogou bem, fez um esforço importante e o jogo estava quase acabado. Já tínhamos o jogo controlado e demos gols. Não podemos mais repetir o que aconteceu nos últimos três jogos".

Ainda que estes gols contra sejam colocados na conta de um ou outro atleta, fato é que o ano atípico fez com que Dome tenha que mexer além da conta no miolo defensivo. Ontem, a dupla foi formada por Thuler e Léo Pereira, mas o treinador já escalou outras sete combinações diferentes desde que chegou ao clube.



"Não se pode relaxar. Trabalhamos para não termos bolas dos zagueiros por dentro, pelo meio. O problema é quando há o sistema defensivo errado. Nós não sofremos porque o adversário jogava melhor", completou.

Defensor com status de titular no Fla, Rodrigo Caio vive problemas físicos desde que voltou da seleção brasileira e ainda deve demorar a reaparecer. Depois de se recuperar de um edema ósseo no joelho, o camisa 3 sofreu uma lesão na panturrilha e está entregue aos médicos. Ainda que acelere sua recuperação, ele certamente não estará à disposição em um curto espaço de tempo. Além dos dois que atuaram contra os paranaenses, Dome conta agora com Natan, Gustavo Henrique e Noga.

Passado o duelo contra os paranaenses, a equipe volta as suas atenções para a disputa do Campeonato Brasileiro . No domingo (8), o Fla visita o Atlético-MG , às 18h15, no Mineirão. De olho na ponta da tabela do Brasileirão, a ordem na Gávea é fechar a casinha e fazer valer o posto de melhor ataque da competição para vencer um rival direto pelo troféu.


- // -

> Veja as últimas informações sobre o Mengão em nossa página principal, Clique Aqui



Fonte: https://www.uol.com.br/esporte/futebol/ultimas-noticias/2020/11/05/defesa-volta-a-falhar-e-liga-alerta-no-fla-para-sequencia-de-mata-matas.htm

CURTA NOSSA PÁGINA



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário