segunda-feira, 5 de outubro de 2020

Direção do Flamengo quer a compra definitiva do atacante Pedro



Por Cosme Rímole | R7: Em dezembro de 2019, após a perda do Mundial, Jorge Jesus conversou com dirigentes do Flamengo.





Avisou que precisaria de, no mínimo cinco reforços, para manter a hegemonia na América do Sul, no Brasil, e disputar com muito mais chance, o Mundial de Clubes.


Michael, Pedro Rocha, Gustavo Henrique, Thiago Maia e, o mais desejado, Pedro.


O técnico português soube que o clube havia tentado contratar o jogador ainda em 2018, quando estava no rival Fluminense, contundido. Mas o clube não quis vender para o arquiimigo e, no ano passado, o vendeu para a Fiorentina.





O jogador não se adaptou à equipe italiana especializada em contragolpes em velocidade. Foi a brecha para o Flamengo mostrar a Jorge Jesus que valeria a pena ter uma alternativa a Gabigol, caso fosse impossível comprá-lo da Inter.


Só que o português gostou tanto do que viu que insistiu, mesmo depois de o Flamengo garantir a permanência de Gabigol, queria Pedro. Não só como uma alternativa para a bola aérea, como pensava no início.


Até, para formar um trio de atacantes com o próprio Gabigol e Bruno Henrique.





Antes mesmo de Jorge Jesus voltar a Portugal, ele já havia percebido o ótimo futebol do atacante. Ele vai além de sua altura. Não atua apenas como pivô e como referência das bolas aéreas.


Sabe bem driblar, tabela, abrir espaço para os meias. E até aprimorou sua velocidade, para os contragolpes do Flamengo, pelas laterais.


Jorge Jesus saiu. Chegou Domènec Torrent. E Pedro entrou no amplo e, quase, irrestrito rodízio do espanhol. 'Quase' porque Gabigol é o que menos sai. Contusões têm dado mais chance a Pedro.





O jogador de 23 anos tem atuado bem demais.


Melhor até do que a própria diretoria flamenguista esperava.


Seu entrosamento com o time e desempenho abalou as convicções de Domènec.


Mesmo com covid e vendo o time ser comandado por seus auxiliares, ficou impossível não notar o ótimo papel de Pedro.


Como hoje, na partida contra o Athletico, no Maracanã.


Ele não só marcou o primeiro gol, em uma jogada de muita técnica com os pés, como também ajudou a desestruturar o firme sistema defensivo do Athletico.





Pedro chegou a 12 gols em 2020.


Está a apenas quatro gols de Gabigol.


Tem mais que Bruno Henrique, 11 gols.


Foram apenas 27 partidas no ano.


Hoje chegou à sua maior sequência como titular.


Quarto jogo e quarto gol seguido.


"Quero agradecer a Deus por esta oportunidade. Mais uma vez fazendo um bom jogo, a equipe toda fazendo um bom jogo. Feliz demais por este prêmio, mas este prêmio não é só meu, é de todos os companheiros que me ajudaram para conseguir fazer o gol.





"Feliz, feliz com este momento no Flamengo. Espero evoluir ainda mais para ajudar o Flamengo", disse ao ser escolhido o melhor do jogo contra o Athletico.


A direção rubro negra já decidiu.


O clube pagou 1 milhão de euros para a Fiorentina, R$ 6,6 milhões, pelo empréstimo até 31 de dezembro.


E tem a prioridade para comprar seus direitos, pagando mais 9 milhões de euros, cerca de R$ 59,9 milhões.


A Fiorentina havia pago 11 milhões de euros, atuais R$ 73 milhões, ao Fluminense.


Há unanimidade na direção do clube carioca que vale a pena o investimento no atacante de apenas 23 anos. Enxerga valorização no clube e até na Seleção Brasileira.





E futura revenda para o futebol europeu.


Pedro está fazendo tudo para ficar na Gávea.


Sua aplicação nos treinamentos, o entrosamento, humildade com os companheiros têm agradado a todos.


O ex-jogador do Fluminense ganhou seu espaço.


E está se tornando ídolo no rival.


Um ótimo atacante do Flamengo.


Que fará o clube a apostar em um grande investimento...


- // -

> Veja as últimas informações sobre o Mengão em nossa página principal, Clique Aqui



Fonte: https://esportes.r7.com/prisma/cosme-rimoli/pedro-encanta-o-flamengo-clube-vai-compra-lo-da-fiorentina-04102020

CURTA NOSSA PÁGINA



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário