terça-feira, 21 de julho de 2020

A situação dos possíveis substitutos de Jorge Jesus no Flamengo



A passagem de Jorge Jesus pelo Flamengo está oficialmente encerrada. O treinador embarcou na noite de segunda-feira para Portugal, onde voltará a dirigir o Benfica. Já a direção, a partir desta terça, intensifica a busca por um substituto - e a ideia é que ele venha da Europa, para onde Bruno Spindel e Marcos Braz embarcam nesta semana. O LANCE! traz um panorama geral da situação dos nomes que surgem entre as possibilidades do Rubro-Negro.


Com a procura ainda em estágio inicial, o nome de Leonardo Jardim surge como o primeiro a despertar maior interesse do Fla. Nascido na Venezuela e filho de imigrantes portugueses, foi para a Madeira aos três anos e deu os primeiros passos na profissão como auxiliar, em clubes pequenos de Portugal.

Desde a sua saída do Monaco, da França, em 2019, o treinador de 45 anos de idade está sem clube. Confira o perfil e o currículo de Leonardo Jardim aqui.


OS PORTUGUESES

Marcos Silva e Carlos Carvalhal são os portugueses que constam na lista de nomes observados pelo Flamengo. O fato de não ter como estilo um jogo ofensivo, mais próximo ao desenvolvido pelo Jorge Jesus, faz com que o primeiro não esteja entre as prioridades do clube da Gávea neste momento.

Marcos Silva - Sem clube

O nome de Marcos Silva já está "sob os olhares" do Flamengo desde o início do ano, quando a dúvida no clube era se Jorge Jesus renovaria seu vínculo - o que aconteceu só em junho, com o treinador rescindindo o mesmo 45 dias depois.


Aos 43 anos, Marcos Silva está sem clube desde a sua saída do Everton, da Inglaterra, em dezembro de 2019. Antes, havia dirigido o Watford e o Hull City no país. A sua carreira começou no Estoril e passou pelo Sporting - ambos de Portugal - e pelo Olympiakos, da Grécia, antes de partir para o futebol inglês.

Carlos Carvalhal - Rio Ave (POR)

Ainda da Terrinha vem o nome de Carlos Carvalhal, de 54 anos de idade, cuja trajetória no futebol lusitano é extensa, assim como a do Mister Jorge Jesus. Aos 54 anos, já passou por vários clubes portugueses, incluindo o Sporting, e acumula passagens pelo futebol da Turquia, da Inglaterra e do País de Gales.


Atualmente, Carlos Carvalhal está no comando do Rio Ave, que está na briga para classificar-se para a Liga Europa da próxima temporada. O contrato do técnico com o clube, por sua vez, é válido até o final da temporada 2019/20.

DE OLHO NOS EUROPEUS

Outros dois nomes são da Espanha, por mais que os trabalhos recentes de Miguel Ángel Ramírez e Domènec Torrent sejam na América. O primeiro também é visto com bons olhos dentro da direção pelo bom trabalho feito no Independiente Del Valle, do Equador. E o segundo, que foi braço direito de Pep Guardiola por anos, também compartilha o apreço pelo futebol ofensivo.


Domènec Torrent

Espanhol de 58 anos, Torrent deu início à carreira como treinador em 1994, no Palafrugell, dirigindo o Palamós e o Girona - todos em seu país - até 2006. Foi então que tornou-se auxiliar de Pep Guardiola no Barcelona B, acompanhando o mesmo na equipe catalã principal, Bayern de Munique e Manchester City.

Em junho de 2018, Domènec deixou a função de auxiliar de Guardiola para assumir o comando técnico do NY Citym dos Estados Unidos, onde ficou até novembro de 2019. Foram sessenta partidas dirigindo o clube americano.


Miguel Ángel Ramírez

Aos 35 anos, o técnico do Independiente Del Valle (EQU) é o mais jovem da lista de possíveis substitutos de Jorge Jesus no Flamengo. A pouca idade, contudo, não faz com que o mesmo esteja menos prestigiado. É visto com bons olhos na Gávea, inclusive pelo presidente Landim, e também no CT do Ninho do Urubu.

Seu contrato com o Independiente Del Valle - rival do Flamengo no Grupo A da Libertadores - vai até o final deste ano, o que pode vir a ser um empecilho.


Fonte: https://www.lance.com.br/flamengo/situacao-dos-possiveis-substitutos-jorge-jesus-comando.html - Arte: NotíciasdoFla

CURTA NOSSA PÁGINA




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário