terça-feira, 8 de outubro de 2019

STJD denuncia Guerrero por expulsão contra o Fla, peruano pode pegar um gancho gigante



O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) denunciou Paolo Guerrero, o lateral-direito Bruno, o técnico Odair Hellmann e o vice de futebol Roberto Melo. A denúncia foi feita nesta terça-feira, 8, por conta dos problemas que ocorreram na partida contra o Flamengo, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Os envolvidos reclamaram bastante da arbitragem de Luiz Flávio de Oliveira, que expulsou o lateral da equipe gaúcha aos 17 minutos do primeiro tempo, em um lance de pênalti. Logo depois, deu o cartão vermelho para Guerrero. O peruano se irritou com o sangramento em seu rosto causado por um choque de cabeça, onde levantou reclamando enganosamente que tinha sofrido uma cotovelada. Assim, mostrou o dedo médio ao quarto árbitro e o xingou em inglês.

O atacante foi denunciado em dois artigos, sendo um deles de forma dobrada. Portanto, Paolo pode ficar até 18 partidas suspenso do campeonato. Já o lateral Bruno foi denunciado por impedir uma chance clara e manifesta de gol. A pena do lateral pode variar de um a três jogos.

Odair Hellmann foi enquadrado por desrespeitar a equipe de arbitragem ou reclamar em excesso das decisões do juiz. Dessa forma, o treinador pode pegar um gancho de uma a seis partidas. Já o vice de futebol, Roberto Melo, pode ser suspenso por 270 dias, além do pagamento de uma multa que varia de R$ 100 a R$ 100 mil. O dirigente foi denunciado por ofender a alguém em sua honra e por desrespeitar o quadro de arbitragem.

O julgamento está marcado para a próxima sexta-feira, 11, e o clube espera poder contar com os atletas para o restante da temporada.


Fonte: https://sportbuzz.uol.com.br/noticias/futebol/stjd-denuncia-paolo-guerrero-por-expulsao-na-derrota-para-o-flamengo.phtml

Curta nossa Página




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário