Com moral elevada, Guerrero pode ser pela primeira vez na carreira artilheiro de uma competição


Guerrero inicia com gols e moral com a torcida a terceira temporada pelo Flamengo. Depois de um 2015 abaixo das expectativas e a recuperação no ano seguinte, o camisa 9 rubro-negro virou nome incontestável para a torcida e para o “chefe”, o técnico Zé Ricardo.

“A gente sabe que ele já passou algumas fases boas aqui no Brasil, principalmente pelo Corinthians. E ele atingiu, aqui no Flamengo, uma maturidade dentro do clube, está mais ambientado, está se sentindo melhor. Ele mesmo já falou isso. O clube está passando por um bom momento e tudo isso cria um ambiente bom para desenvolver o futebol que ele tem”, disse.

Há fundamento nos elogios: Guerrero tem 10 gols nos primeiros 14 jogos da temporada, e caminha a passos largos para bater o recorde próprio por clubes, que é de 18 gols em uma temporada. Números que podem garantir a Guerrero a primeira artilharia em uma competição na carreira. O atacante tem mais dois jogos, as finais contra o Fluminense, para passar dos 9 gols que também tem Alex, do Nova Iguaçu.

A importância do peruano cresce com a ausência de Diego, que tem lesão no joelho direito e só volta a jogar em maio. Se esta é a grande má notícia para a final do Carioca, que começa às 16h (de Brasília) deste domingo (30), o fato positivo é o espírito de “carrasco” do camisa 9 contra o rival: Guerrero tem três gols em quatro jogos contra o Fluminense.

Fonte: Esporte Interativo


Curta nossa Página: Clique aqui



Tags

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.