quinta-feira, 8 de outubro de 2020

Em comemoração ao Dia do Nordestino, Flamengo lança canção que conta a história do clube na região, veja o vídeo



O Flamengo divulgou em suas redes sociais uma música em comemoração ao Dia do Nordestino. A canção conta a história do clube na região e faz menção desde o primeiro jogo do Mais Querido no nordeste, em 1925, até os mais recentes. Além disso, fala também de alguns dos gols memoráveis que o Fla marcou, como o gol de bicicleta do Arrascaeta, na Arena Castelão, em 2019, contra o Ceará.



Além disso, o vídeo publicado é recheado de imagens de momentos históricos do Flamengo no Nordeste, como gols de Nunes e Angelim. A música também fala dos ídolos do Flamengo que vieram da região, como Dida, Almir, Obina , Aldair e Renê. Não apenas do futebol, mas faz menção também à Sarah Menezes, do judô do rubro-negro.

A música não só é uma comemoração ao dia do Nordestino, mas também uma grande homenagem à Nação que é de lá. Com imagens dos torcedores nos estádios, prestigiando o Flamengo e das torcidas que montam a Nação Nordestina, a canção traz com carinho a imagem dos rubro-negros da região.



Confira a letra da canção e o vídeo:

Dia 08 de outubro, dia de comemorar
Esse povo e essa terra, chega mais, vamos cantar
Para o povo nordestino um repente eu vou fazer
Um salve pra toda gente que de perto já curtiu
O Flamengo no Nordeste é o Mais Querido do Brasil

Vem de longe esse amor, se alojou no coração
Desse povo do nordeste, da nossa grande Nação

Por volta de 25 que essa história começou
3 a 1 em cima do Torre, amistoso no Recife, que a paixão se iniciou

De lá pra cá, muita coisa aconteceu
E a torcida do Flamengo no Nordeste só cresceu
De lá pra cá, muita coisa aconteceu
E a torcida do Flamengo no Nordeste só cresceu

Teve gol de bicicleta, do arretado Arrascaeta
O Castelão foi à loucura, isso foi em Fortaleza
Teve Nunes e Angelim pra escrever mais uma história
Na vida do rubro-negro nossos craques nordestinos estão marcados na memória



No estádio Rei Pelé, em João Pessoa, no Almeidão, foi em cima do São Paulo que o Mengo foi campeão
Primeiro gol do galo, digo profissionalmente, aconteceu contra o Bahia, isso agora eu lembrei, porque o Zico é o nosso rei

De lá pra cá, muita coisa aconteceu
E a torcida do Flamengo no Nordeste só cresceu
De lá pra cá, muita coisa aconteceu
E a torcida do Flamengo no Nordeste só cresceu

Teve muita gente boa que chegou para somar, saindo lá do Nordeste no Flamengo foi brilhar
Tem o Dida, tem Dequinha, tem Almir e o Pernambuquinha, tem Babá e tem Toninho, tem Obina e Aldair
No Judô Sarah Menezes que vem lá do Piauí

Também lá do Piauí, tem Renê na lateral
Já teve o Maestro Junior que era fenomenal
Tem o Zagallo de Alagoas, Bebeto lá da Bahia
Nascidos na mesma terra, tem Junior Baiano e na canoa o Isaquias

De lá pra cá, muita coisa aconteceu
E a torcida do Flamengo no Nordeste só cresceu
De lá pra cá, muita coisa aconteceu
E a torcida do Flamengo no Nordeste só cresceu



Não vou mais me estender
Nessa prosa com vocês
O papo tá muito bom, mas não posso me esquecer
De dizer muito obrigado, do fundo do coração
Para o povo do Nordeste, mas por todo o seu lega
do Na cultura e no trabalho, sempre em prol dessa Nação





- // -

> Veja as últimas informações sobre o Mengão em nossa página principal, Clique Aqui



Fonte: https://colunadofla.com/2020/10/fla-lanca-musica-em-comemoracao-ao-dia-do-nordestino-cancao-conta-historia-do-clube-na-regiao/

CURTA NOSSA PÁGINA



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário