quarta-feira, 21 de outubro de 2020

Domènec supera lesões, surto de Covid e convocações para colocar o Flamengo novamente em ‘oto patamar’



Por Túlio Rodrigues | Coluna do Fla: Desde que chegou ao Flamengo em julho, Domènec Torrent não tem vida fácil. Convivendo com a sombra de Jorge Jesus – campeão Brasileiro e da Libertadores em 2019, do Carioca, Recopa e Supercopa do Brasil em 2020 -, o catalão ‘mata um leão’ a cada jogo para provar que é o nome ideal para levar o Rubro-Negro à hegemonia do futebol nacional e internacional. Os números do treinador mostra um início complicado, mas à redenção veio quando tudo parecia estar perdido por conta do surto de Covid, lesões e convocações.



Dome foi anunciado no dia 31 de julho, chegou ao Brasil no dia 03 de agosto e estreou no comando da equipe no dia 09, na primeira rodada do Brasileirão, contra o Atlético-MG. A derrota por 1×0 em pleno Maracanã gerou muitas críticas. Foram 11 jogos até a fatídica goleada de 5 a 0 sofrida contra o Independiente Del Valle. Nesse meio tempo, o técnico perdeu o lateral, Rafinha para o futebol grego. O seu aproveitamento até ali foi de 51,52% com cinco vitórias, dois empates e quatro derrotas. 13 gols marcados e 18 sofridos. Um saldo de cinco gols negativo.

Ainda no Equador, a pressão pela sua demissão nos bastidores era imensa. Marcos Braz saiu em sua defesa em coletiva. Grupo político aliado da direção pediu a cabeça do treinador em nota. Os casos de Covid-19 foram sendo anunciados em cadeia. Só no dia 20 de setembro, foram seis casos: Diego, Bruno Henrique, Isla, Michael, Matheuzinho e Filipe Luís. Dirigentes, membros da comissão técnica e membros do departamento médico também foram diagnosticados com o vírus ao longo dos dias.



No dia 22 de setembro, dia da partida contra o Barcelona de Guayaquil, o surto dentro da delegação era assunto internacional. A partida quase foi cancelada, mas mesmo precisando improvisar, o Flamengo venceu a partida por 2 a 1 com gols de Pedro e Arrascaeta. A equipe seguia respirando na competição e apesar das dificuldades, foi o início da recuperação do Mais Querido. Por conta do Coronavírus, Dome teve que comandar a equipe via home office, pois fora diagnosticado com a doença. E não perdeu mais. Até a goleada por 5 a 1 aplicada no Corinthians, foram sete partidas com seis vitórias e um empate. Aproveitamento impressionante de 90,48%. 19 gols marcados, cinco sofridos e um saldo positivo de 14 tentos.

O ainda contestado catalão ostenta agora a marca de melhor aproveitamento fora de casa no Brasileirão com mais de 70% e nos seus 18 jogos a frente do Fla, conta com 66,67% de aproveitamento com 11 vitórias, três empates e quatro derrotas. São 32 gols marcados pela equipe, 23 sofridos e um saldo de nove gols positivos.

Nesta quarta (21), Domènec Torrent vai em busca de melhorar os seus números. O Flamengo enfrenta o Junior Barranquilla, às 21h30 (horário de Brasília), no Maracanã. Garantido nas oitavas de final da Libertadores, o Mais Querido tem como objetivo terminar na primeira colocação do Grupo A. A partida será transmitida pelo SBT. Mas, o Coluna do Fla, como de costume, fará sua tradicional transmissão pé quente na internet (via YouTube), com o brabo Rafa Penido na narração, Tulio Rodrigues nos comentários e João Pedro Granette na reportagem.


- // -

> Veja as últimas informações sobre o Mengão em nossa página principal, Clique Aqui



Fonte: https://colunadofla.com/2020/10/domenec-supera-lesoes-surto-de-covid-e-convocacoes-para-colocar-o-flamengo-novamente-em-oto-patamar/

CURTA NOSSA PÁGINA



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário