terça-feira, 21 de abril de 2020

Isolamento social e incertezas: ansiedade afeta qualidade do sono do elenco do Flamengo



Em um cenário de incertezas no futebol mundial, o psicológico de uma atleta profissional pode se tornar um grande adversário. No Flamengo, a ansiedade causada pela quarentena de prevenção ao coronavírus tem seus efeitos medidos na qualidade - e quantidade - do sono dos jogadores.


Recentemente o elenco passou a utilizar o aplicativo de celular "CoachID". Nele, os jogadores recebem planos de treino, registram suas impressões sobre as atividades e também sobre o humor e qualidade do sono. Neste período sem jogos, alguns relataram problemas para dormir.

O preparador físico Marcio Sampaio, que passa o período de quarentena em Portugal, assim como Jorge Jesus, recebeu as informações através do aplicativo e informou ao departamento médico do Flamengo.


- Os jogadores usam diariamente quando acordam e depois da sessão de treino. Para eles é uma novidade fazer esse trabalho em casa e depois quantificar no aplicativo. Para nós é ótimo porque conseguimos o feedback. Agora temos nos deparado com algumas coisas que já esperávamos. Temos casos de jogadores que estão dormindo pouco e mal, fruto dessa ansiedade. Isso leva a um nível de estresse alto. O departamento médico foi avisado e conseguimos interferir - disse Marcio Sampaio ao jornal português "Record".

A ideia inicial do Flamengo era retomar os treinos no Ninho do Urubu nesta terça-feira, dia 21, mas, como não houve liberação das autoridades, as férias foram ampliadas até o dia 30. Mas o cenário ainda é repleto de incertezas, porque ainda não é possível precisar quando as competições voltarão a ser disputadas.


Fonte: https://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/isolamento-social-e-incertezas-ansiedade-afeta-qualidade-do-sono-do-elenco-do-flamengo.ghtml

Curta nossa Página




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário