sábado, 11 de abril de 2020

Vitinho vê evolução sob o comando de Mister: 'Me corrigiu muito nesse ano'



O atacante Vitinho foi o convidado deste sábado do Papo Virtual, programa de entrevistas na "FlaTV" que vem recebendo uma série de atletas e membros do departamento de futebol do Flamengo durante esta paralisação do futebol nacional por conta do coronavírus. O camisa 11, um dos reservas mais acionados por Jorge Jesus, comentou a evolução sob o comando do Mister.


-Tenho uma relação muito boa com ele, puxa a orelha mas também me diz quando acerto. Me corrigiu bastante esse inicio de ano. Eu evoluí nessa sequência, fiz grandes jogos e consegui mostrar para todo mundo e para mim mesmo que eu posso mais. Tenho trabalhado para isso. A comissão sempre me apoiou bastante e sou grato por esse momento - explicou o camisa 11 do Fla.

Um dos nomes do forte setor ofensivo do Flamengo, Vitinho tem no drible uma de suas características. Dentro dos jogos, o atacante explica que recebe o incentivo do técnico Jorge Jesus para partir para cima dos marcadores rivais.

- Ele pede porque há situações de jogo muito difíceis e o que pode gerar chance de gols é no um contra a um - completou o atacante rubro-negro, de 26 anos.

Vitinho: 'O Mister é um cara muito inteligente e que vive o futebol intensamente. Vemos isso todo dia, e é uma motivação para mim e todos companheiros.'


Confira outras respostas do atacante Vitinho, do Flamengo:

Quarentena
Tem sido uma semana muito diferente. Estamos em casa para evitar que essa contaminação cresça e que o tempo das coisas . Tenho procurado ler bastante, jogar videogame, cartas, jogos de tabuleiro com a minha esposa. Estamos cozinhando, pegado algumas receitas legais para estar entretido e fazendo algo útil.

Período sem jogos
Muita saudade de estar no estádio, ver a torcida nos apoiando e fazer o que a gente mais gosta. Trazer alegria a todos. Tem sido difícil lembrar, até porque nosso momento tem sido muito bom e a gente quer dar continuidade. A gente sente falta de verdade.

Jogo e celebração de gol sem torcida
Foi muito diferente. Estar no estádio não ouvir o incentivo, alegria, não foi um bom jogo nosso e isso com certeza influenciou muito no nosso desempenho. Faz muita falta o nosso torcedor para nos apoiar e nos incentivar.

Amizade com o Pedro
O Pedro é um cara sensacional, quando o conheci a gente se deu muito bem e passou um entrosamento, uma amizade diferente. Um cara super do bem. Quando ele veio ficamos muito felizes, liguei para ele, desejei toda sorte do mundo. Ele está se entrosando bem, já começou fazendo gols e é o que desejo para ele. Que nos ajude muito, faça muitos gols e seja muito feliz.


Posição sob o comando de Jorge Jesus
É a posição que sempre joguei basicamente, meia pelas alas. Tenho evoluído muito meu jogo, tenho mostrado minha crescente em campo. Essa sempre foi minha posição e cada vez tenho me aperfeiçoado.

Foi uma boa ideia, a gente treina muito as faltas próximas da área, mas vou trabalhar para botar isso no meu repertório.

Conquista da Libertadores
A Libertadores foi um título que chega a emocionar. Meu coração bate mais forte, é único por ser torcedor do Flamengo.

Recepção da torcida após os títulos
A gente gosta de ter felicidade, mas ver as pessoas felizes por algo que você conquistou. Era uma multidão que estava se divertindo pelos títulos da Libertadores e do Brasileirão. Vai ficar para a história.

Duelo com o Liverpool na final do Mundial de Clubes
A gente fez um grande jogo, mereceu também vencer a partida. Foi uma mistura de alegria por toda temporada e tristeza por não vencer o jogo. Entrei, estava 0 a 0, tentei ajudar da melhor maneira possível, crescemos um pouco, mas sofremos o gol. Demos o nosso melhor e recebemos o reconhecimento do jogo.


Fonte: https://www.lance.com.br/flamengo/vitinho-coronavirus.html

Curta nossa Página




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário