sexta-feira, 10 de abril de 2020

Com redes sociais batendo recordes, diretor do Fla aponta objetivo: “Sermos cada vez mais uma marca internacional”



O futebol vive um momento conturbado fora das quatro linhas. Assim como outros eventos e modalidades, o esporte teve que ser paralisado devido à pandemia do coronavírus. Porém, mesmo com o surto, o Flamengo voltou a superar todos os clubes sul-americanos e ser a segunda equipe do mundo com mais interações no Twitter em março, ficando atrás apenas do Manchester United, da Inglaterra, segundo o “Depor Finanzas“.


Em relatório produzido recentemente, o Flamengo comprovou que tivera crescimento em todas as suas redes sociais. No Youtube, por exemplo, a FlaTV somou 110 milhões de visualizações em 2019, enquanto que neste ano já são 71,1 milhões. Por isso, o Fla acredita que as redes servem para ajudar o clube de diferentes maneiras, inclusive financeiramente: “O dinheiro novo está no conteúdo, está no streaming. Esse é o futuro. O desafio é sermos cada vez mais uma marca internacional“, apontou Bernardo Monteiro, diretor de comunicação do Flamengo, em entrevista ao Uol Esporte.

Com o crescimento nas redes sociais, o Flamengo tem dado mais visibilidade aos seus patrocinadores em diferentes plataformas, como comentou Gustavo Oliveira, vice-presidente de Comunicação e Marketing do clube: “Nossos patrocinadores já não aparecem apenas na TV, eles aparecem nas redes. Mais presença nas redes catapultou o valor do patrocínio. Há o desenvolvimento do time em campo, mas também um trabalho muito forte nesta área“, afirmou o dirigente, também ao Uol Esporte.


Em 2019, o Flamengo alavancou bastante os números em suas redes sociais, se comparado com 2018. O Instagram do clube cresceu com cerca de 5 milhões de novos seguidores neste período. No Twitter, o Fla ganhou 1,2 milhão se adeptos, enquanto que no Facebook o perfil rubro-negro adquiriu mais 1,9 milhão de torcedores. No Youtube, a FlaTV também evoluiu em números, já que em torno de 2,1 milhões de inscrições foram efetuadas neste espaço de tempo. Com isso, os dados resultaram em maior engajamento, podendo servir como estratégias em negociações com patrocinadores.

No Brasil, o Flamengo é o clube com mais “inscritos ou seguidores” no geral, se somada todas as redes sociais. O Rubro-Negro supera o Corinthians – segundo colocado no ranking -, com margem relativamente alta. De acordo com o levantamento realizado pelo Ibope/Repucom, o Mais Querido tem 30,2 milhões de inscritos em suas redes, enquanto o Alvinegro possui 23 milhões.


Fonte: https://colunadofla.com/2020/04/com-redes-sociais-batendo-recordes-diretor-do-fla-aponta-objetivo-sermos-cada-vez-mais-uma-marca-internacional/

Curta nossa Página




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário