quinta-feira, 23 de abril de 2020

Com futebol paralisado, clubes não recebem primeira parcela dos direitos de transmissão do Brasileirão



Na última terça-feira (21), oss clubes das Séries A e B do Campeonato Brasileiro enviaram uma carta-comunicado à direção de Esporte da Rede Globo, confirmando que as 40 principais equipes do país estão comprometidas a realizar um campeonato com 38 rodadas. No entanto, em meio à pandemia do novo coronavírus, e com o futebol suspenso, a ideia de indicar para a emissora a necessidade de que os pagamentos referentes à competição que vencem em maio sejam realizados, não deve surtir efeito.


A informação foi dada, inicialmente, pelo Uol Esporte. O portal indica que as equipes devem receber uma posição mais concreta por parte da Globo até o fim da semana. Já o comunicado realizado por parte dos clubes faz parte de uma estratégia para garantir o recebimento do valor integral dos direitos de transmissão do Brasileirão. Entretanto, é válido lembrar que a emissora chegou a cogitar suspender o repasse das cotas referentes ao campeonato devido à suspensão das atividades esportivas.

Fato é que ainda não há um prazo de quando o futebol será retomado. Com o aumento de casos confirmados e óbitos causados pela Covid-19 no país, parece que ainda vai demorar um pouco para tudo voltar à normalidade. Em meio a isto, o Flamengo resolveu prorrogar as férias coletivas dos atletas e funcionários até o dia 30 de abril. Inicialmente, os jogadores e todo o departamento médico do clube iriam se reapresentar no Ninho do Urubu no último dia 21.


Fonte: https://colunadofla.com/2020/04/com-futebol-paralisado-clubes-nao-recebem-primeira-parcela-dos-direitos-de-transmissao-do-brasileirao/

Curta nossa Página



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário