domingo, 1 de dezembro de 2019

Ricos e campeões, Flamengo e Palmeiras disputam hegemonia nacional também na base



Principais protagonistas do futebol brasileiro nos últimos anos e clubes com maiores receitas do país, Flamengo e Palmeirastambém disputam a hegemonia dos campeonatos nacionais nas categorias de base. Os dois clubes são os maiores campeões dos principais torneios do Brasil nos últimos anos.


Neste ano, o Flamengo conquistou o Brasileiro Sub-17 e pode fazer dobradinha com o Brasileiro Sub-20 – ou triplete geral, se considerar o Brasileirão do time de Jorge Jesus. Já o Palmeiras levou as Copas do Brasil Sub-17 e Sub-20 e pode emendar o Brasileiro Sub-20.

No primeiro jogo da final do Brasileiro, disputado na quinta-feira, no Pacaembu, o Verdão levou a melhor, vitória por 1 a 0, com gol do atacante Gabriel Silva. A partida de volta será neste domingo, às 14h, em Cariacica


Flamengo e Palmeiras, campeões brasileiro e da Copa do Brasil deste ano, respectivamente, ainda disputam a Supercopa Sub-17. O Verdão também levou a melhor no jogo de ida, vitória por 2 a 0. O jogo de volta será na quinta-feira, às 16h, no Maracanã, preliminar de Flamengo x Avaí, pelo Brasileirão profissional.


Retorno financeiro

Além de títulos, as categorias de base dos clubes também rendem centenas de milhões de reais a Flamengo e Palmeiras. Nos últimos três anos, o Rubro-Negro embolsou mais de R$ 300 milhões com a venda de atletas formados no Ninho do Urubu – Vinicius Jr. e Lucas Paquetá foram os expoentes.


Na base rubro-negra hoje, o meia Yuri Cesar e o atacante Vitor Gabriel, ambos de 19 anos, são os destaques. Vitor Gabriel já tem alguns jogos pelo time profissional e multa rescisória de 50 milhões de euros (cerca de R$ 230 milhões).

Yuri Cesar também tem contrato até o fim de 2023 e multa rescisória no mesmo valor. Além deles, destaca-se o goleiro Hugo Souza, 20 anos e 1,96m de altura. Ele já foi convocado para a Seleção principal de Tite para um período de experiência nos amistosos contra EUA e El Salvador, no ano passado.


Sem contar o meia-atacante Reinier, 17 anos, já no time profissional campeão da Libertadores e do Brasileirão, e com contrato renovado recentemente até outubro de 2023 e multa padrão de 50 milhões de euros.

Vinicius Jr rendeu mais de R$ 100 milhões líquidos para o Flamengo — Foto: GABRIEL BOUYS / AFP
Vinicius Jr rendeu mais de R$ 100 milhões líquidos para o Flamengo — Foto: GABRIEL BOUYS / AFP


O Palmeiras somou cerca de R$ 160 milhões, valor principalmente puxado pela venda de Gabriel Jesus ao Manchester City (ING), negócio fechado no fim de 2016, ano em que ele conquistou o Brasileirão e foi eleito o craque do campeonato.


Na base de hoje, o meia Alanzinho, 19 anos, tem contrato com o Palmeiras até junho de 2023 e é considerado uma das principais revelações do clube, com passagens por todas as seleções de base. O volante Patrick de Paula, capitão do time, renovou o contrato com o Palmeiras em maio deste ano por mais três anos, até o fim de 2022.

O volante meia Gabriel Menino tem 18 anos (completará 19 anos no próximo dia 29), mas já é titular do sub-20 e uma das promessas da base do Palmeiras. Além deles, Gabriel Verón, de 17 anos, foi eleito o craque do Mundial Sub-17 e relacionado pelo técnico Mano Menezes entre os profissionais para o jogo contra o Fluminense, na quinta-feira passada.


Para a pré-temporada de janeiro, já serão promovidos além de Veron, os volantes Gabriel Menino e Patrick de Paula, o lateral-esquerdo Esteves e o atacante Angulo, também do time sub-20, e três garotos que voltarão de empréstimo: o goleiro Vinícius Silvestre, do CRB; o zagueiro Pedrão, do América-MG; e o atacante Artur, no Bahia.

Gabriel Jesus foi para o Manchester City depois de conquistar o Brasileirão-2016 e rendeu mais de R$ 70 milhões para o Palmeiras — Foto: Getty Images
Gabriel Jesus foi para o Manchester City depois de conquistar o Brasileirão-2016 e rendeu mais de R$ 70 milhões para o Palmeiras — Foto: Getty Images



Fonte: https://globoesporte.globo.com/programas/esporte-espetacular/noticia/ricos-e-campeoes-flamengo-e-palmeiras-disputam-hegemonia-nacional-tambem-na-base.ghtml

Curta nossa Página




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário