terça-feira, 26 de novembro de 2019

Choro de Pratto e fala de Gallardo, jornal revela bastidores do River após título do Flamengo



A final da Conmebol Libertadores 2019 pode ter sido uma das mais emocionantes de toda a história. O Flamengo perdia a decisão por 1 a 0 para o River Plate até os 42 minutos do segundo tempo. Mas, em menos de três minutos, Gabriel Barbosa marcou duas vezes e deu a conquista ao Rubro-Negro. O desolamento do time argentino foi revelado pelo diário Info Bae, que traz informações sobre a conversa no vestiário e o retorno do River Plate ao hotel após a derrota.


“Agora não tem nada que nos possa consolar, mas quero que saibam que sinto um imenso orgulho de todos vocês. Fizeram uma grande partida e deixaram tudo o que podiam dentro de campo. Isso é futebol e pode acontecer, mas me sinto muito representado por todos vocês. Teremos que engolir a raiva e seguir. Nos levantamos de várias e essa não será exceção, mas insisto que estou orgulhoso de vocês. Orgulhoso”, disse Gallardo aos atletas no vestiário logo após a premiação da final.

Os nomes mais abalados do time de Buenos Aires eram Martínez Quarta, Javier Pinola, Gonzalo Montiel, Exequiel Palacios, Enzo Pérez e Lucas Pratto. O diário ainda informa que, segundo uma conversa com um dos atletas no saguão do hotel após a derrota, o ex-atacante do São Paulo estava desolado após a derrota para o Flamengo. “Pratto não podia parar de chorar depois de tudo. Foi muito triste ver um companheiro que sempre luta tanto desta maneira”.


Lucas Pratto não entrou bem na partida, acabou sendo desarmado por Diego em lance que originou o gol de empate do Flamengo e ainda foi tido como o ‘grande vilão’ da final em matéria do diário Olé, da Argentina. Gallardo tenta agora reunir forças no River para a grande final da Copa Argentina. A equipe encara o Central Córdoba, no dia 13 de dezembro.


Fonte: https://www.foxsports.com.br/news/434932-nao-parava-de-chorar-os-bastidores-do-river-plate-e-a-fala-de-gallardo-apos-titulo-do-flamengo

Curta nossa Página




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário