segunda-feira, 5 de agosto de 2019

Irregularidade faz Diego Alves ser questionado; Jesus defende titular do Flamengo



A trajetória de Diego Alves no Flamengo tem sido uma verdadeira montanha russa. Contratado com euforia em 2017, mas indo para a reserva no final de 2018. Campeão carioca no início deste ano, mas vivendo uma de suas piores fases com a camisa rubro-negra atualmente. E essa falta de regularidade, junto a falha cometida no segundo gol do Bahia, no último domingo, faz o goleiro ter a sua titularidade novamente questionada.



Apesar de ter brilhado nos pênaltis contra o Emelec, que rendeu a classificação para as quartas de final da Libertadores, o saldo tem sido ruim para o goleiro. Diante do Bahia, Gilberto marcou diante de um gol aberto após erro na saída de bola do camisa 1. Apesar disso, Diego Alves foi defendido por Jorge Jesus, que não quis individualizar o erro cometido.

- Não foi um risco, foi uma decisão que poderia ser anulada antes. Não culpo nenhum jogador individualmente. Posso achar que a decisão não foi a melhor. Antes da decisão do Diego Alves, houve uma decisão que não se pode voltar a ter. Foi esta que colocou o Diego em situação perigosa. Hoje em dia, todo mundo quer jogar bonito, Diego Alves não conseguiu. Vamos trabalhar - declarou.



Diego Alves tem acumulado momentos ruins. Na Copa do Brasil, não abafou o chute de Rony, do Athletico-PR. Contra o Botafogo, a falha no gol de Diego Souza rendeu vaia das arquibancadas. Diante do Emelec, apesar do pênalti, a sensação foi de insegurança em lances perigosos. Contra o Bahia, o goleiro se defendeu da falha que parece ter sido o estopim.

- Eles botaram um ritmo forte, ganharam as divididas, foram felizes no contra-ataque. Segundo gol tentei chutar para frente, saiu errado, eles tiveram a sorte de cair no pé do jogador deles. A gente tem tempo para poder dar a volta no Brasileiro - contou Diego Alves.

Entre a torcida, há os pedidos pela titularidade de César, que ganhou o apelido de bombeiro por apagar incêndios em momentos de crise dos titulares do Flamengo. Em 2017, assumiu a bronca nas fases decisivas da Copa Sul-Americana quando Alex Muralha era questionado. Neste ano, Diego Alves sofreu uma lombalgia e foi substituído pelo reserva imediato, que novamente mostrou segurança.


Fonte: https://extra.globo.com/esporte/flamengo/irregularidade-faz-diego-alves-ser-questionado-jesus-defende-titular-do-flamengo-23855563.html

Curta nossa Página




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário