sábado, 3 de agosto de 2019

Após maratona de jogos em julho, Fla pode ter estreia e mudanças em todos os setores contra o Bahia



A sequência foi dura: sete partidas em 21 dias, mas o Flamengo, entre lesões, saídas e reforços, derrotas e vitórias sobreviveu à "maratona do mês de julho". Fortalecido após a classificação para as quartas de final da Copa Libertadores, Jorge Jesus, agora, volta as atenções para o Brasileirão, tendo o Bahia pela frente neste domingo, em Salvador. Para o jogo na Arena Fonte Nova, são possíveis mudanças em todos setores do time, que tem uma série de baixas.



Rodrigo Caio (coxa direita), Gabriel Barbosa (coxa esquerda), Lincoln (coxa direita), Vitinho (joelho esquerdo) e Diego (tornozelo esquerdo) são os jogadores entregues ao departamento médico e que darão sequência aos tratamentos no Rio de Janeiro. O grupo embarca para Salvador neste sábado.

A expectativa é pela presença de Filipe Luís entre os relacionados. O lateral-esquerdo está treinando com o grupo desde 26 de julho, dia em que foi regularizado junto à CBF pelo clube. Um dos principais reforços do ano, o lateral-esquerdo foi elogiado pelo técnico Jorge Jesus na última quarta-feira.

RAFINHA

Dentro do rodízio implementado por Jorge Jesus no time (ideal de três a quatro trocas de jogo a jogo), Rafinha pode ser um dos atletas preservados diante do Bahia. O lateral-direito, que teve o período de adaptação encurtado e a estreia antecipada por conta das "finais" em julho, atuou em quatro das últimas cinco partidas. Se não aparecer entre os titulares, a função ficará a cargo de Rodinei.



Outros jogadores, como Willian Arão, Gerson, Cuéllar e Bruno Henrique, também atuaram, pelo menos, nos últimos quatro jogos do time. Assim, as suas presenças diante do Bahia, na Arena Fonte Nova em Salvador, também serão avaliadas pela comissão técnica e departamento médico do Flamengo.

REINIER

Após ganhar a primeira oportunidade com Jorge Jesus, Reinier espera ganhar mais minutos entre os profissionais do Flamengo. O Garoto do Ninho desperta grande curiosidade por parte da torcida, e também de clubes europeus. Aos 17 anos, o meia estreou contra o Emelec, pelas oitavas de final da Libertadores.



CENTROAVANTE?

Com as lesões de Gabriel Barbosa e Lincoln, não há no elenco profissional um centroavante à disposição de Jorge Jesus. Assim, o treinador português tem a opção de utilizar Vitor Gabriel, centroavante do Sub-20 que costuma treinar com o time principal do Flamengo, ou improvisar algum outro atleta na função.

Um nome que pode pintar entre os titulares é o do atacante Berrío, acionado por Jorge Jesus na última partida. Neste caso, Bruno Henrique seria deslocado para o centro, fazendo o papel de costume de Gabigol. seu parceiro de ataque.


Fonte: https://www.lance.com.br/flamengo/filipe-luis-reinier-rafinha-que-esperar-contra-bahia.html

Curta nossa Página




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário