terça-feira, 4 de junho de 2019

Fla vence novamente o Corinthians e passa para as quartas da Copa do Brasil



Em um jogo de muita pressão do Corinthians, deu Flamengo. Na noite desta terça-feira, as equipes foram a campo pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, no Maracanã, com o Rubro-Negro saindo com a vitória por 1 a 0 - repetindo o resultado do jogo anterior -, avançando às quartas de final. O gol foi marcado por Rodrigo Caio, em um encontro de muita emoção - três traves, gols anulados, gol validado com auxílio do vídeo...



A fase de quartas de final da Copa do Brasil será disputada após a Copa América, com adversário do Flamengo ainda a ser sorteado pela CBF. Pelo Campeonato Brasileiro, ambas as equipes voltam a campo neste fim de semana - enquanto, no domingo, o Rubro-Negro faz o clássico carioca com o Fluminense, no Maracanã, o Corinthians, no dia anterior, visita o Cruzeiro, no Mineirão. Os dois jogos serão disputados às 19h.

PRESSÃO
Com a vantagem do empate conquistada no jogo de ida, o Flamengo começou a partida dando espaços para o Corinthians. Clayson teve a primeira chance aos 15 minutos - Vagner Love pressionou Diego Alves, Clayson recuperou, passou por Léo Duarte, arriscou, mas errou o alvo. Júnior Urso tentou aos 24, Sornoza aos 31 e 33, preocupando os torcedores rubro-negros que foram ao Maracanã e ainda não viam um poder ofensivo de sua equipe.



ACORDOU, MAS COM MAIS PRESSÃO
O Flamengo iria acordar no fim do primeiro tempo, mas antes a melhor chance de gol da etapa inicial seria criada pelo Corinthians, que a desperdiçou - aos 35 minutos, Ralf mandou forte de fora da área, de primeira, e acertou o travessão, com a bola chegando a riscar a linha e voltar para a área. O Rubro-Negro teve as suas boas chances três minutos mais tarde com Gabigol e oito depois com Everton Ribeiro, mas o goleiro Cássio, em ambos os lances, salvou.

NA VOLTA DO INTERVALO...
Depois de um primeiro tempo de um Flamengo errando - principalmente com a lenta saída de bola -, com o Corinthians pressionando, a volta do intervalo foi marcada por um maior equilíbrio entre as equipes em campo. O Timão chegou com perigo aos nove minutos, com Vagner Love obrigando Diego Alves a fazer grande defesa. Cinco minutos depois, Bruno Henrique acertou a trave e quase marcou para o Rubro-Negro. Partida ganhava muito em emoção.



POLÊMICAS E... DEU FLA!
Nos momentos finais do jogo, polêmicas - uma para cada equipe. Pelo Flamengo, aos 30 minutos, Rodrigo Caio chegou a estufar as redes do Corinthians, mas o árbitro marcou falta - corretamente - dele sobre Vagner Love, anulando o gol. Aos 35, foi a vez de um pedido de pênalti por parte do Timão, o que após revisão no vídeo não foi dado. Aos 40, o gol da classificação do Flamengo, com Rodrigo Caio - foi marcado impedimento inicialmente, mas o VAR validou o gol, corretamente. Jadson ainda acertaria a trave, mas não deu tempo para mais nada. Festa para os mais de 60 mil torcedores no Maracanã!

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 1 X 0 CORINTHIANS

Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 4/6/2019 - 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS) - Nota LANCE!: 7,0 (acertou nas polêmicas, não influenciando no resultado)
Auxiliares: Rafael da Silva Alves (RS) e Jorge Eduardo Bernardi (RS)
Árbitro de vídeo: Daniel Nobre Bins (RS)
Renda/público: R$ 3.571.041,25/55.586 pagantes
Cartões amarelos: Léo Duarte, Gabigol (FLA) e Michel Macedo (COR)
Cartão vermelho: -



GOL: Rodrigo Caio 40'/2ºT (1-0)

FLAMENGO: Diego Alves, Pará, Rodrigo Caio, Léo Duarte e Renê; Piris da Motta e Willian Arão (Ronaldo 37'/2ºT); Bruno Henrique (Vitinho 29'/2ºT), Diego e Éverton Ribeiro (Berrío 49'/2ºT); Gabigol. Técnico: Marcelo Salles.

CORINTHIANS: Cássio, Michel Macedo, Manoel, Henrique e Danilo Avelar; Ralf (Régis 44'/2ºT), Júnior Urso (Boselli 31'/2ºT) e Sornoza (Gustagol 20'/2ºT); Jadson, Vagner Love e Clayson. Técnico: Fábio Carille.


Fonte: https://www.lance.com.br/copa-do-brasil/corinthians-pressiona-mas-flamengo-vence-avanca-copa-brasil.html

Curta nossa Página




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário