sexta-feira, 31 de maio de 2019

Braz rebate Abel, nega Mourinho e quebra silêncio sobre reforços no Fla



Marcos Braz, definitivamente, quebrou o silêncio no Flamengo. Após uma semana conturbada, com direito a pedido de demissão do técnico Abel Braga, o vice-presidente de futebol compareceu ao Ninho do Urubu, nesta sexta-feira, para esclarecer as situações. Claro, o principal assunto foi a busca por reforços e o mandatário não titubeou: Rafinha está encaminhado, há conversa por Filipe Luís e existe interesse nos zagueiros Jemerson, do Monaco, e Zapata, do Milan.



- Todo mundo sabe que o principal alvo é o Rafinha. Estive quase uma semana direto com ele. Tudo muito bem encaminhado, tudo certo, não posso dar detalhes sobre essa contratação. É um jogador que ainda tem contrato e uma história com o Bayern - declarou, sobre Rafinha.

- Esses dois jogadores (Jemerson e Zapata) procedem. Aqui a gente não mente. Posso não responder, mas não minto. Os dois interessam ao Flamengo, mas é um ou outro. Tem que ter calma e o Flamengo terá calma - declarou, antes de completar ao falar da situação de Filipe Luís:

- Estivemos com Filipe Luis e apresentamos o mesmo projeto que apresentamos pro Rafinha. Não é só troca de clube, é decisão de vida. Tinha uma convocação da Seleção e ele pediu um prazo. O prazo foi dado, asism como foi dado para o Rafinha - comentou.



Outro ponto bastante comentado por Marcos Braz foi a saída de Abel Braga e a busca por um novo treinador. O vice-presidente tratou de rebater as acusações de "traição" e "falta de respaldo" ditas pelo ex-comandante, e aproveitou para confirmar a reunião do presidente Rodolfo Landim com Jorge Jesus, o principal alvo da diretoria.

- Entendo o desconforto do Abel, entendo a chateação, mas acho que ele teve apoio, acho que ele teve apoio de toda a comissão técnica. Todos eles. Do Noval, do Pelaipe, do Gabriel, todos... Quanto a mim, quando ele quis botar A, B ou C, sempre teve respaldo. Abel não é o primeiro, não é o único e não é o último técnico que sai chateado. É vida que segue e não vou falar mais desse assunto. A partir de hoje, é página virada o assunto Abel - afirmou.



- É verdade o encontro que o Jorge Jesus disse. Ajustamos até pelo fato de ter que vir para o Brasil. Aproveitando a oportunidade que o Landim está na Europa, que é o presidente, nada mais natural que uma possível contratação deste nível seja conduzida pela presidentes - comentou sobre Jorge Jesus.

Além disso, Braz tratou de negar duas especulações relacionadas ao comando técnico do Rubro-Negro. A primeira foi José Mourinho, técnico português que está sem clube desde que deixou o Manchester United (ING), em 2018. O outro foi Jorge Sampaoli, atual técnico do Santos, que teria sido consultado após a saída de Abel Braga.



- Não existe absolutamente nada com relação a José Mourinho. O Flamengo não estava estava atrás de Mourinho, de B, de C... O Flamengo estava no mercado. Como foi feito contrato com Mourinho em 24h, 48h? Não tem Mourinho porque não foi procurado - disse sobre Mourinho, e aproveitou para falar sobre Jorge Sampaoli:

- Essa relação com o Sampaoli começou no inicio do ano. O Sampaoli é técnico do Santos e o Flamengo não fará nenhum posicionamento por respeito ao Santos. São dois pontos. Tem o respeito ao Santos e o respeito ao contrato do Sampaoli - declarou Marcos Braz.

Confira outras declarações de Marcos Braz:

Titulares ou reservas: "Isso não é uma obrigação (escalar titulares), mas acho que como vice-presidente de futebol, ou achava que teria a liberdade de poder achar uma situação a outra. Não necessariamente o chefe de vocês obrigará vocês a fazer uma matéria"



Liberação de atletas: "O que eu ouvi de "o Flamengo não tentou, o Flamengo não se mexeu para liberar jogadores" foi uma enormidade. Não procede. O Flamengo se mexeu de maneira diferente. Não só mandar documento pra confederação, mas tentou uma construção antes. O Flamengo fez de tudo para ter os jogadores na terça-feira. Tem um jogador que teria até necessidade de ir no sábado, porque a sua seleção joga no domingo. O Flamengo fez de tudo. É data-Fifa, é soberana e o Flamengo vai cumprir as regras"

Piris da Motta: "O Piris (da Motta), não sei vai ser convocado ou não vai ser, mas jogará. No questionamento entre Seleção e Flamengo, ele fez a opção pelo Flamengo. Se proceder, só tenho a agradecer a ele"

Liberações do Corinthians: "Esse enredo já é antigo (liberar Cássio e Fágner), o Andres é muito habilidoso"



Thiago Maia: "Quanto a Thiago (Maia), parece que o Lille quer envolver o jogador em uma troca, uma negociação. Tudo muito superficial, muito raso. Não tem absolutamente nada"

Início do novo treinador: "Qualquer dia que o técnico vier até o retorno dos jogadores, será plausivel. Lógico que ele, se for ele (Jorge Jesus), não vai chegar no dia 20. Talvez 19, 18, 17... Tem muitos técnicos que não conhecem a instalação do Flamengo. Nada que se conheça o ambiente"

Nota oficial: "Foi bom falar disso (nota oficial) porque uma muito questionada foi para proteger o Abel. A nota em relação a Flórida Cup, Estadual, só foi para proteger o Abel. Não estou aqui concordando ou descordando, a nota foi dada pelo clube, tendo meu respaldo ou não estou junto"


Fonte: https://www.lance.com.br/flamengo/braz-rebate-abel-nega-mourinho-fala-sobre-rafinha-jemerson-zapata.html

Curta nossa Página




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário